ArmazenamentoReviews

Corsair MP 510

Ao contrário dos tradicionais, que têm um aspecto muito semelhante ao dos disco mecânicos de 2,5 polegadas e utilizam ligações SATA tradicionais, as unidades SSD M.2 são pequenas placas e ligam-se em slots M.2. Estas já vêm em muitas motherboards para computadores de secretária e em praticamente todos os portáteis, embora neste último caso seja normalmente necessário substituir um componente já instalado visto que, na grande sua maioria, os portáteis não trazem slots destas livres.

Apesar destas ligações estarem na placa do computador (como acontece, por exemplo, nas placas gráficas), as ligações podem usar as normas PCI Express, Serial ATA 3.0 e USB 3.0 – cabe aos fabricantes escolherem que querem utilizar.

Depois dos SSD tradicionais, chegou recentemente a Portugal a linha de SSD M.2 da Corsair que inclui quatro modelos fisicamente iguais, mas com capacidades diferentes começando nos 120 GB e chegando aos 960 GB. Todos os modelos usam uma controladora Phison PS5012-E12 de última geração, que garante mais velocidade que a anterior, mais ferramentas para manter a integridade dos dados e a longevidade.

A instalação de uma unidade destas é um processo muto simples: basta abrir o computador, localizar um slot M.2 livre, encaixar a placa e aparafusá-la. Depois de tudo montado e ligado, o armazenamento aparece automaticamente no sistema operativo que estiver a utilizar.

As drives M.2 da Corsair usam quatro linhas PCI Express 3 o que, pelo menos no papel, lhe confere uma velocidade muito alta na leitura e escrita. O único cuidado a ter é verificar se o seu processador tem linhas PCI Express livres, sob pena de ir roubar velocidade à placa gráfica. Normalmente, só terá problemas se utilizar um sistema gráfico SLI ou Crossfire que ocupam a totalidade das linhas PCI Express do processador.

Depois de instalar esta unidade no nosso PC (Intel Core i9, 32 GB de RAM, placa gráfica 1080 TI e Windows 10) fizemos o nosso teste habitual de cópia de e para a unidade de 4,7 GB de ficheiros com vários tamanhos – ficámos muito bem impressionados. As velocidades andaram muito próximas das anunciadas, cerca de 3 GB por segundo.

Resta falar dos preços. A versão mais barata (128 GB) custa pouco mais de 120 euros, o que a torna ideal para instalar o Windows para ter arranques rapidíssimos. Se puder gastar um pouco mais, uma unidade destas pode ser a única instalado no seu computador.

Ponto final

Se é velocidade que quer, esta é mesmo a unidade de armazenamento que tem de ter no computador: faz tudo o que diz na caixa e não lhe dá cabo do orçamento. Aconselho vivamente!

+ Velocidade
+ Facilidade de instalação.
– Preço das unidades com mais capacidade

Medições: 8
Preço: 1
Nota final: 9
Selo Reviews

Ditribuidor: Corsair
Contacto: corsair.com
Preço: €259,99 (versão 960 Gb)

Benchmarks

Escrita (4,7 GB) 2900 MB/s
Leitura (4,7 GB) 3100 MB/s

Características Técnicas
Tipo: M.2 2280
Controladora: Phison P55012-E12
Interface: NvMe PCIe Gen 3 x4

PCGuia
Pedro Tróia
Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia e fique a par das últimas notícias, dicas e truques de hardware e software.
Subscrever
close-link