Gadgets

Krups The Sub

A moda das máquinas de café caseiras com cápsulas começou há cerca de dez anos e revolucionou de forma completa a forma como hoje consumimos esta bebida. Lembro-me de, logo no princípio ter comprado uma máquina para cápsulas Nespresso e de me ter custado quase 250 euros. Hoje em dia são quase dadas quando compramos um número determinado de cápsulas. Sumos com gás também já é possível fazer com a Sodastream mas havia uma bebida “essencial” à vida que estava fora deste mercado: a cerveja, claro.

Quando vi que a Heineken e a Krups tinham criado a TheSub, as nuvens desapareceram do céu e o sol brilhou. Foi um sinal divino: estava criada a máquina de imperiais com o mesmo conceito das de café expresso com cápsulas. Com um aspecto cilíndrico e ainda grandote (quase 50 cm de profundidade), a Krups TheSub usa barris de cerveja (há várias marcas) chamadas Torp com dois litros (preços a partir de 6,60 euros), o que dá sensivelmente para oito a dez imperiais. Assim que comprar um Torp (online, em pt.the-sub.com/pt/cervejas) ponha-o logo no frigorífico (ou, se quiser acelerar o processo, no congelador, embora não seja recomendado) para que a máquina não demore muito tempo a gelar a cerveja. Se não o fizer, conte com cerca de dez horas até que tudo fique pronto. Isto é o maior problema desta máquina, embora compreendamos perfeitamente tratar-se de uma limitação tecnológica que, a ser mais desenvolvida, iria tornar o seu custo muito menos acessível.

Com tudo a funcionar bem, e quando a luzinha estiver verde, pode começar a festa: é sacar imperiais como um verdadeiro barman, com o copo na inclinação típica de 45 graus e os amigos com a inclinação típica de quem passou a tarde a beber o resultado desta máquina genial.

Nota: 4,5/5
pt.the-sub.com | €169

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×