Segunda-feira, 24 de Fevereiro de 2020
JogosPC

Um aspirador Roomba não serve só para limpar a casa. Também o pode usar para criar níveis para Doom

Doomba

Os robôs aspiradores são uma tecnologia que já anda pelo mercado há alguns anos e, como o nome indica, servem para ajudar-nos a manter a casa limpa, sem termos de andar por aí a aspirar todos os cantos. Mas, como quase todas as tecnologias digitais, podem ser utilizados para algo mais que limpar. Neste caso criar níveis para o FPS que tornou conhecido este género de videojogos: Doom.

Este software, não oficial, só funciona com aspiradores Roomba da iRobot e foi desenhado pelo programador de videojogos Rich Whitehouse. Ele reparou que enquanto limpam a casa, os Roomba estão ao mesmo tempo a criar mapas detalhados de todos os objectos que os rodeiam e da casa onde se movimentam, através dos seus sensores e teve a ideia de aplicar esses dados para criar mapas novos para Doom, o clássico dos jogos FPS, lançado há 25 anos.

Rich só garante que este software só funciona com os modelos Roomba 980. O programa é instalado num PC que, por sua vez, detecta a presença do aspirador na rede wi-fi de casa e começa a gravar os movimentos do robô à medida que vai aspirando. Quando o robô terminar o ciclo de limpeza, os dados são guardados num ficheiro que depois é convertido num nível para Doom através de um módulo para o software de conversão Noesis, desenhado por Whitehouse.

Apesar de o nível ser baseado na sua casa, claro que será diferente no jogo, porque vai ter monstros e outros elementos conhecidos de Doom. Tudo vai depender da forma como alterar os parâmetros do programa, como a quantidade de armas e monstros que vão aparecer depois de o nível estar pronto a jogar.

É tudo gratuito, menos o Roomba.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×