Xiaomi Redmi 5 Plus

Uma das marcas chinesas com mais buzz em todo o mundo entrou no portfólio de uma operadora em Portugal.

Já era possível encontrar smartphones da Xiaomi à venda, no País, há muito tempo, uma vez que havia várias lojas online que tinham disponível alguns equipamentos da marca, mas a entrada na Nos é um marco. Uma das premissas da Xiaomi é ter smartphones com características avançadas a um preço mais baixo que as grandes marcas que habitam o mercado e metem os seus terminais a 800 ou 900 euros. Para percebermos isto, basta dizer que é possível comprar o topo de gama da Xiaomi, o Mi Mix 2 por cerca de 500 euros. Mas não é esta a oferta que a marca chinesa traz até Portugal pela mão da Nos – para já há apenas dois terminais cujos preços não ultrapassam os duzentos euros, o Redmi 5 e o Redmi 5 Plus, uma espécie de duo como o iPhone e iPhone Plus ou Samsung S9 e S9 Plus, só que de gama baixa.

Mas esta coisa da ‘gama baixa’ é um bocado enganadora no que respeita a este terminal em concreto, desde logo por que estamos a falar de um smartphone com um ecrã de 5,9 polegadas por 189 euros e boas especificações: Snapdragon 625 octa-core a 2 GHz, 3 GB de memória e um processador gráfico Adreno 506. Com uma máquina (12 MP) que não deslumbra, mas que também não tem nada que envergonhe, num terminal deste preço, a grande arma do Redmi 5 Plus é mesmo a sua bateria de 4000 mAh que, nos nossos testes, bateu todos os mais recentes super-hiper-mega-smartphones da Samsung, Huawei e por aí fora. Ao todo, registámos 940 minutos de autonomia (em média mais trezentos que os terminais de novecentos euros), um valor apenas ultrapassado nos nossos últimos trinta testes, pelo iPhone X (972 minutos). E, afinal, bateria e tamanho de ecrã não é aquilo que todos nós queremos?

A estreia da Xiaomi no portfólio de uma operadora nacional correu bem. A estratégia de não ir logo para os smartphones mais caros da marca chinesa parece-nos acertada e os Redmi 5 são boas escolhas.

Ponto Final

O Plus (mais 50 euros que a versão base) é um bom investimento, pois alia uma bateria com energia para dar e vender a uma ecrã que ocupa, quase na totalidade, a parte frontal do equipamento. De resto, conte com uma experiência de utilização fluida, com Android 7.1 e com recursos multimédia competentes.
+ Preço
+ Bateria
– Ecrã
– Design da traseira

Medições: 1,38
Experiência de Utilização: 5,2
Preço / Qualidade: 1
Nota final: 7

Distribuidor: Nos
Site: nos.pt
Preço: €189,99

BENCHMARKS

Antutu PCMarkWork PCMarkBateria 3D Mark
209256 7296 12 horas 31645

Características Técnicas

Processador: Snapdragon 625 octa-core a 2 Ghz
Memória: 3 GB
Armazenamento: 32 GB
Câmaras: 12 MP + 5 MP
Ecrã: 5,99 IPS LCD (1080 x 2160), 403 ppi
Bateria: 4000 mAh
Dimensões: 158,5 x 75,4 x 8,05 mm
Peso: 180 gr

Categorias
MobilidadeReviews

Jornalista de tecnologias desde 2005, tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil. Gosta de carros rápidos e de hotéis caros. Não tem um helicóptero porque decidiu gastar o prémio do último Euromilhões no desenvolvimento de um smartphone de marca própria.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link