Asus FX503V

Saiba por que é que achamos que a Asus nos tentou enganar com o novo FX503, um computador que merecia a designação ROG ou STRIX, como os modelos dedicados ao gaming.

Antes de o tirar da caixa, é praticamente impossível esperar encontrar um computador portátil com características técnicas tão apelativas quanto estas. Estamos a falar num equipamento em que, só depois de abrimos a tampa do monitor, reparamos no teclado com retroiluminação LED vermelha e teclas WASD em destaque.

Estas têm ainda a particularidade de terem um curso invulgarmente longo para um teclado de membrana, tornando-se bastante agradável utilizar o mesmo.O nosso elogio não pode, contudo, ser dado ao touchpad, que se revelou impreciso por diversas ocasiões.

Configuração equilibrada

Instalando o CPU-Z, rapidamente verificamos que este Asus FX503 poderia, perfeitamente, ter a designação ROG ou STRIX, tal é a lista de componentes escolhida, bem como o preço do mesmo.

Estamos a falar de um processador Intel Core i7-7700HQ de quatro núcleos a 2,8 GHz (até 3,8 GHz em modo Turbo), 16 GB de memória RAM DDR4 de 2400 MHz, um SSD de 256 GB de formato M.2 e um disco rígido mecânico de 1 TB SATA, ideal para armazenar todos aqueles dados que não são essenciais, para evitar encher a unidade principal.

O desempenho desta configuração está perfeitamente espelhado nos resultados dos testes. Só foi pena, em termos de configuração, este modelo não dispor de ligações mais rápidas, como as mais recentes USB 3.1 e Type-C, ficando-se pelas habituais USB 3.0, bem como o obrigatório controlador Gigabit Ethernet Lan, HDMI 2.0 e leitor de cartões SD.

Pronto para jogar

Além do bom processador, memória e armazenamento escolhidos, este Asus esconde uma boa placa gráfica, uma Nvidia GeForce GTX 1060 com 6 GB de memória dedicada. Esta foi a principal responsável pelos bons resultados nos jogos testados.

Gostávamos, contudo, de ter recebido o novo FarCry 5 na altura dos testes, mas acreditamos que este FX503 fosse perfeitamente capaz de lidar, sem hesitação, com o mais recente título da Ubisoft. Gostámos do facto da Asus ter tido o cuidado de usar um sistema de arrefecimento duplo dedicado (um para o processador, outro para a gráfica), embora seja um equipamento discreto e relativamente compacto.

Porém, a espessura estreita do equipamento acaba por o prejudicar no que toca à dimensão das ventoinhas utilizadas, tornando-o algo ruidoso quando estiver a correr aplicações e jogos mais exigentes.

Ponto Final

Com uma diferença significativa face a modelos equivalentes equipados com uma GeForceGTX 1050, o desempenho adicional da GTX 1060 ajuda a tornar este FX503 num computador portátil bastante apelativo para os adeptos de videojogos. Mas falta-lhe a personalidade dos modelos ROG eStrix.

+ Desempenho
+ Visual discreto
-Preço

Medições: 3,7
Experiência:2,5

Preço: 1,3
Nota final: 7,5

Distribuidor: Asus
Site: asus.com/pt
Preço:€1699

BENCHMARKS

PCMark8Work PCMark8Home 3D MarkFirestrike 3D MarkIceStorm FarCry4 1920×1080 Very High Metro Last Light 1920×1080 DX11 Very High 16x AF
3459 3999 9922 134887 92,81 83,41

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS
Processador: Intel Core i7-7700HQ a 2,8 GHz
Memória: 16 GB DDR4 2400 MHz
Armazenamento: 256 GB SSD + 1TB SSD
Placa Gráfica: Nvidia GeForce GTX 1060 6 GB
Ecrã: 15,6 polegadas IPS (1920 x 1080)
Ligações:3x USB3.0, HDMI,GigabitLan, leitor de cartão SD, jack 3,5 mm
Dimensões: 384x262x24mm
Peso: 2,5kg

Categorias
MobilidadeReviews

Editor da revista PCGuia, com mais de 10 anos no mercado de publicações tecnológicas. Grande adepto de tudo o que seja tecnológico, ficção científica e quatro rodas.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link