Intel apresenta novos chips de nona geração. Incluindo o Core i9, o seu melhor processador para jogos.

Os processadores Intel de nova geração acabam de ser apresentados num evento realizado hoje em Nova Iorque.
Processador Intel

A Intel realizou hoje o seu “Fall Desktop Launch Event”, em Nova Iorque, para apresentar a nona geração de processadores Core. Uma das estrelas da conferência foi o que a Intel apelida de “o melhor processador para jogos do mundo”: o Core i9-9900K, que tem oito núcleos e 16 ‘threads’ a funcionar a uma velocidade base de 3,6 GHz, que pode chegar aos 5GHz em modo turbo.

Para além deste processador, a Intel também apresentou os Core i5 e Core i7 de nona geração. O Core i7-9700K tem oito núcleos, 8 ‘threads’, a uma velocidade base de 3,6 GHz, que pode chegar aos 4,9 GHz. O Core i5-9600K tem seis núcleos mais seis ‘threads’ com uma velocidade base de 3,7 GHz, que pode subir até aos 4,6 GHz.

Apesar da Intel os apresentar como fazendo parte de uma nova geração, estes processadores ainda utilizam o método de fabrico de 14 nm. Este método já é utilizado desde o Broadwell de quinta geração de 2014. No entanto o processo utilizado para o fabrico destes chips é uma evolução do processo de 14nm original, denominado 14nm++, que foi apresentado com os processadores Coffee Lake de oitava geração. A empresa espera alterar o método de fabrico dos novos chips para os 10nm durante o ano que vem.

A Intel garantiu que estes processadores são os primeiros a incluir soluções por hardware para as vulnerabilidades Meltdown Variant 3 e L1 Terminal Fault. O resto dos problemas de segurança detectados nos chips durante este ano serão remediados através de software.

Os novos chips já podem ser encomendados a partir de hoje, mas as entregas só começam a 19 de Outubro. Os preços são uma boa surpresa (pelo menos para os consumidores americanos), com o Core i9-9900K a custar 488 dólares (cerca de 425 euros), o i7-9700K vai custar 373 dólares (325 euros) e o i5-9600K 262 dólares (228 euros). Ainda não existe indicação da chegada a Portugal.

Intel-X-Series-1

Para os utilizadores que querem (e podem pagar) processadores mais caros, a Intel apresentou novos modelos Core X-Series. Da renovação desta família, apresentada em 2017, fazem parte o novo Core i7 X-Series, o Core i9-XSeries e o Core i9 Extreme. Estes processadores também são fabricados através de um processo de 14nm. No topo da pirâmide está o Core i9 Extreme que oferece 18 núcleos e 36 ‘threads’ que tem uma velocidade máxima em modo Turbo Boost de 4,5 GHz e custa 1979 dólares (1720 euros).

Para além do topo de gama, a Intel apresentou também seis outros novos modelos Core-X, que têm data prevista de lançamento para Novembro. Foram mostrados cinco modelos Core i9 X-Series que vão do Core i9-9960X 16 núcleos e 32 ‘threads’ até ao modelo Core i7-9800X que tem 8 núcleos e 16 ‘threads’ que custará 589 dólares (513 euros).

Os utilizadores profissionais também não foram esquecidos com a apresentação de um novo processador Xeon. O Xeon W-3175X tem 28 núcleos e 56 ‘threads’ que funcionam a uma velocidade base de 3,1 GHz e podem chegar aos 4,3 GHz. Este processador chegará em Dezembro e ainda não tem preço.

Categorias
HardwareNotícias

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Assinaturas

Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia e fique a par das últimas notícias, dicas e truques de hardware e software.
Subscrever
Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia e fique a par das últimas notícias, dicas e truques de hardware e software.
Subscrever
close-link