Como identificar os sinais de que o seu computador tem malware

O malware pode manifestar-se das formas mais diferentes, aqui ficam sete sinais que não deve ignorar.
Malware

Quando o seu computador fica mais lento ou age de forma inesperada as causas não são sempre aparentes. Na grande maioria das vezes é apenas um problema transitório. Mas também pode ser um sintoma de que o sistema operativo está infestado com malware. Os sete sinais descritos abaixo podem indicar que a sua máquina tem mais do que as suas aplicações e pode estar com uma infecção.

O facto de ter protecção contra malware instalada não quer dizer que possa ignorar os sintomas. Tal como tudo, também o software antivírus não é perfeito e um novo ataque pode tê-lo ultrapassado sem que o programa tivesse dado sinal.

Anúncios popup que aparecem por todo o lado

Embora não sejam tão comuns como há alguns anos, o adware continua a bombardear as suas vítimas com anúncios. Por vezes os anúncios são de produtos legítimos que dão dinheiro a ganhar ao responsável pelo adware. Outras vezes contêm links para sites que tentam instalar mais malware no seu computador.

O browser está sempre a ser redireccionado

Nem todos os redireccionamentos são maliciosos, mas se estiver à espera de entrar no Google quando escreve google.pt no browser e vai parar a um site que não tem nada a ver, está com um problema. Por vezes o redireccionamento é mais subtil. Por exemplo, um vírus trojan bancário pode redireccionar o browser para um site fraudulento que se parece mesmo com o site real do banco de forma a conseguir obter as suas credenciais. Nesse caso, a única pista que tem é no URL (o endereço que aparece na barra do browser). Estes tipos de ataques normalmente utilizam extensão do browser, por isso, se suspeita que há algo de errado, aceda às configurações do browser e desligue, ou remova as extensões que não instalou.

Uma aplicação desconhecida desencadeia avisos ameaçadores

A criação e distribuição de programas antivírus falsos é um negócio muito lucrativo. Os responsáveis utilizam técnicas que levam o utilizador a fazer o download sem se aperceber, entre outras, para conseguir instalar o antivírus falso no seu computador e depois apresentam avisos com o propósito de assustar o utilizador com ameaças falsas. O passo seguinte é pedir dinheiro para que a suposta aplicação “resolva” o problema. Estes programas também conseguem ser muito mais rápidos nas buscas de vírus. Pudera… Não estão a fazer absolutamente nada…

Publicações estranhas aparecem nas suas redes sociais

O malware feito de propósito para o Facebook, ou outras redes sociais, propaga-se através de publicações falsas. Normalmente estas publicações incluem algo que atraia outros utilizadores. Quem clicar nessas publicações terá a sua conta infectada e o ciclo recomeça.

Pedidos de resgate

Algum malware consegue bloquear o PC e encriptar os ficheiros e depois pede um resgate para que o computador e os respectivos ficheiros. Outros são mais subtis. Mostram um aviso de uma qualquer força policial a indicar que o computador foi utilizado para actividades ilegais e que o utilizador tem de pagar uma multa para poder voltar a usá-lo. Claro que, mesmo pagando, não tem nenhuma garantia de que irá voltar a ver os seus ficheiros.

Ferramentas de sistema desactivadas

Um utilizador mais experiente pode utilizar o ‘Gestor de Tarefas’ ou o ‘Editor do Registo’ do Windows para investigar o computador se suspeitar que está infectado. Se ao tentar fazê-lo, aparecer uma mensagem a indicar que o administrador de sistema negou o acesso a essas ferramentas quase de certeza que se trata de um qualquer malware a tentar proteger-se.

Tudo funciona normalmente

Alguns tipos de malware tentam esconder-se completamente no seu sistema e não deixam quaisquer pistas das suas actividades. Mesmo que tudo parece normal, pode ter um programa escondido à espera de um comando vindo de um qualquer sistema de controlo, ou pode estar a gravar todas as suas actividades sem que se aperceba.

O que fazer se suspeitar que a sua máquina está infectada

Se achar que o seu computador está infectado, instale um programa antivírus ou conjunto de programas de segurança a sério. Se já tiver um, actualize-o e execute uma busca completa do sistema. Se mesmo assim não conseguir livrar-se do programa de malware ou se quiser certificar-se que o computador está mesmo livre de ameaças, instale e execute uma ferramenta de limpeza de malware, como o Malwarebytes, e ponha-a a fazer uma busca completa do sistema para ver se encontra qualquer coisa.

Categorias
DicasGuia completo

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link