AKG K872

A nossa review aos auscultadores topo de gama da AKG, os K872. Estes auscultadores são a prova cabal que a qualidade se paga. E não é pouco.
Auscultadores AKG-K872

390 gramas. São 390 gramas de auscultadores que prometem um som fora de série. Estes K872 da AKG são auscultadores de referência, ou seja: de preferência são para usar em estúdio. Mas se estiver disposto a gastar os mais de 1000 euros que eles custam, nada o impede de os usar em aplicações um pouco mais mundanas.

A gama de frequências que estes AKG são capazes de reproduzir são o primeiro sinal de que não estamos perante uns auscultadores quaisquer, isto porque vão dos 5 aos 54000 Hz, muito acima de quaisquer outros que tenhamos testado que, muitas vezes, apenas chegam aos necessários 44,1 Khz, mas que, em vários, casos não passam dos 22.

Estes auscultadores são ‘over the ear’, ou seja, escondem completamente as orelhas do utilizador. A AKG foi generosa, ao contrário de outros e oferece um cabo com 3 metros de comprimento que pode ser ligado a dispositivos de reprodução de som com entradas jack de 3,5 mm ou de 6,3 mm, através do adaptador incluído. O cabo pode ser removido para transporte, ou para substituição quando ficar danificado, no entanto, do lado dos auscultadores a ficha é especial, por isso se acontecer algum azar, terá mesmo de comprar um cabo à AKG.

A qualidade de construção é excelente, reina o plástico de alta qualidade, a pele (sintética) e o alumínio. As almofadas dos altifalantes são substituíveis para garantir que, quando se estragarem com o uso, se possam instalar outras e manter os auscultadores com o melhor aspecto e funcionamento possíveis.

AKG K872

O sistema de ajuste utiliza uma alça em tecido que está ligada ao aro através de peças móveis. Isto faz com que os K872 se consigam adaptar facilmente à forma da cabeça da maioria das pessoas. Como já disse, eles pesam 390 gramas mas parecem mais leves quando estão em utilização.

Uma coisa menos boa é o calor. Como são totalmente fechados fazem algum calor o que os torna um pouco desconfortáveis ao fim de algum tempo.

No que resepiat ao principal, a qualidade de som, posso dizer que gosto muito de auscultadores com graves algo potentes, porque são os tons que dão corpo à música, qualquer música. Mas ultimamente os fabricantes de auscultadores têm a tendência de exagerar nestas frequências, em detrimento das outras, talvez porque numa altura em que tudo é digital, a qualidade do som foi substituída pela comodidade de acesso, por isso vivemos uma altura em que se tem de mascarar a falta de qualidade com mais graves. Os AKG K872 oferecem graves robustos, mas que não sufocam os outros sons. As frequências médias e altas estão muito bem recortadas e não são nada estridentes, por isso se se ouvir com atenção consegue-se distinguir os instrumentos todos sem problemas. Como os altifalantes estão algo longe das orelhas, mesmo em volumes mais altos, o som não parece que nos “viola as orelhas” como acontece noutras propostas. No geral o som é equilibrado está ao nível do que de melhor que se faz na indústria.

Conclusão

A AKG vende estes auscultadores para todos os tipos de aplicações, desde estúdio até dispositivos móveis. No primeiro caso, definitivamente. Já no último é o que os americanos chamam “overkill”, um exagero completo. Porque se a fonte de som não é boa por si, usar uns auscultadores de 1000 ou de 100 euros vai dar ao mesmo. Ainda assim, se tiver mais de 1000 euros a “queimar” no bolso e quiser uns auscultadores, estes são uma excelente proposta.


Especificações

Tipo: Fechados

Potência de entrada máxima: 300 mW

Gama de frequências: 5 – 54000 Hz

Sensibilidade: 112 dB

Impedância: 32 Ohm

Tipo e comprimento do cabo: destacável, 3m

Fichas: Jack de 3,5 mm, inclui adaptador de 6,3 mm, acabamento em ouro

Dobráveis: Não


Distribuidor: Supportview

Preço: €1105

AKG K872
8.7
AKG K872
Gostámos
  • Construção
  • Qualidade do som
A rever
  • Fazem calor ao fim de algum tempo
  • A qualidade paga-se...
  • Funcionalidades
    9
  • Experiência de utilização
    9
  • Preço/Qualidade
    8
Categorias
Gadgets

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS