Review – Synology RT2600ac

A análise ao primeiro router da Synology à venda no mercado nacional.

A Synology é uma das marcas de sistemas NAS mais conhecidas do mercado, com um portfólio onde há produtos para todos os tipos de utilizadores desde os que apenas querem ter um sistema básico para a armazenagem de conteúdos até sistema profissionais com redundâncias e capacidades gigantes. Seguindo esta lógica, a marca de Taiwan também entrou no mercado do material para a criação e gestão da infraestrutura da rede, em si. Há tempos passou cá o primeiro router que apareceu no mercado nacional e agora estamos a analisar o novo modelo já com Wi-Fiac.

O novo RT2600ac promete velocidades de rede sem fios que podem chegar aos 1733 megabits na banda dos 5 GHz e até aos 800 Mbps na banda dos 2,4 GHz. As ligações com fios são todas gigabit e tem ainda duas entradas USB e um leitor de cartões SD Card. Por fora, o AC2600 é praticamente igual ao modelo anterior: tem quatro antenas Wi-Fi atrás e dos lados.
Este router tem cinco entradas para rede com fios, uma delas é para a ligação a uma WAN. Se necessitar pode converter uma das portas LAN para passar a ter duas entradas de forma a aumentar a velocidade de acesso. Também se podem agregar duas entradas LAN para aumentar a velocidade na rede local.

Assim que se liga o 2600ac, o que salta logo à vista são as capacidades de firmware que a Synology oferece e que, praticamente, não têm paralelo em material desta gama de preços. O sistema operativo tem uma interface que põe o acento tónico nos gráficos, que usa Windows ou macOS não se vai sentir perdido neste sistema operativo.
Tal como em qualquer um deste sistemas operativos, no firmware da Synology é possível manter duas ou mais janelas de configuração abertas em simultâneo. À semelhança do que acontece com os seus sistemas NAS, também este router da Synology permite a instalação de aplicações que permitem aumentar as suas funcionalidades. Por exemplo, pode instalar software servidor de media em que, em conjunto com um disco USB liga numa das entradas, permite a partilha de conteúdos na rede.
Outra app que pode ser muito útil é a Download Station que permite utilizar vários serviços de partilha de ficheiros, como o Bittorrent, para fazer downloads automaticamente. Uma vez mais, terá de ter um disco ligado directamente ao router.

Uma das funcionalidades mais interessantes que este router oferece é a possibilidade de se instalar uma aplicação de VPN que mascara todos os endereços IP dos dispositivos ligados para proteger a privacidade de quem os utiliza para navegar pela Internet, fazer downloads, etc.

Grande parte das aplicações disponíveis para o router também têm versões móveis que permitem o controlo directo usando um smartphone ou tablet, onde quer que esteja. A velocidade é muito interessante, conseguimos mais de 700 Mbps na banda dos 5GHz, mas substancialmente menos na banda dos 2,4 GHz.

Ponto final

Vale a pena comprar um? Sim. Faz tudo o que outros fazem e muito mais. Se não quiser investir num sistema NAS, este router em conjunto com um disco rígido externo é uma boa opção. A possibilidade de se instalarem aplicações é uma grande mais valia. A velocidade sem fios é muito boa, mas apenas na banda dos 5GHz.

+ Software
+ Versatilidade
-Velocidade na banda dos 2,4GHz

Funcionalidades: 2
Experiência de utilização: 3
Preço/qualidade: 4
Nota final: 9

Selo Reviews

Distribuidor: Cloud-IT
Contacto: cloud-it.pt
Preço: €233,70

 

Categorias
Reviews

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Assinaturas
Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link