Intel apresenta processador Core i9 para portáteis com seis núcleos

Os novos processadores Intel Core i9 com seis núcleos prometem grandes ganhos de desempenho nos computadores portáteis.
Intel-Core i9

A Intel quer acabar com o fosso de desempenho que existe entre os computadores portáteis e os de mesa. Prova disso foi a apresentação do Core i9-8950HK, o primeiro processador para portáteis da marca que tem seis núcleos. Uma evolução das primeiras propostas de oitava geração que estrearam os processadores com quatro núcleos em máquinas ultraportáteis.

Segundo a Intel, o Core i9 para computadores portáteis é 29 por cento mais rápido que o i7 da sétima geração em desempenho geral, 41 por cento mais rápido em jogos como Total War: Warhammer e 59 por cento mais rápido na edição de vídeo 4K no Adobe Premiere. Este processador mais poderoso foi pensado para utilizadores com necessidades de processamento maiores, como editores de vídeo ou utilizadores que fazem streaming de jogos, que necessitam de máquinas poderosas capazes de reproduzir os jogos com qualidade suficiente e ao mesmo tempo codificar e emitir vídeo para a Internet.

Corei9VsXeon

O 8950HK consegue atingir velocidades de 4,8 GHz em modo Turbo e está desbloqueado, o que quer dizer que se pode fazer overclocking à vontade. Os Core i7 de oitava geração vão continuar disponíveis com dois modelos: Core i7-8750H e 8850H, que também estão desbloqueados embora parcialmente.

Intel i5-i3

A Intel aproveitou também para apresentar novos processadores de oitava geração para máquinas menos potentes, tanto portáteis como de secretária. Estas novas opções incluem novos processadores Core i3, Core i5 e um novo Core i7 com velocidades em Turbo Boost que chegam aos 4,5 GHz.

Todos os novos processadores vão suportar a tecnologia de memória Intel Optane que permite aumentar o desempenho do computador através da cache dinâmica dos dados. Esta tecnologia é particularmente útil no caso dos portáteis que não tenham SSD (ou com SSD com pouca capacidade) porque se conseguem obter grandes aumentos de desempenho em situações em que os dados têm de ser lidos a partir de um disco rígido mecânico tradicional. Segundo a Intel, esta tecnologia consegue, por exemplo, fazer com que os dados de jogos sejam carregados 4,7 vezes mais rapidamente numa máquina com um processador Core i7 8750H, com um disco mecânico de 1TB acompanhado de um SSD de baixa capacidade só para o sistema operativo.

Categorias
HardwareNotícias

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

  • QNAP Mustang-200

    QNAP anuncia o sistema Mustang-200

    A placa PCIe (2.0, x4) Mustang-200 da QNAP foi desenhada para expandir as capacidades de processamento dos sistemas NAS (Network-Attached Storage) TS-2477XU-RP, TS-1677XU-RP, TS-1685, TS-1677X, TVS-1282, TS-1277, TVS-882 e...
  • Asus Gaming Station GS50

    Asus apresenta a Gaming Station GS50

    A Asus apresentou recentemente a Gaming Station GS50, um computador desktop para jogos equipado com um processador Intel Xeon W-2155, o qual dispõe de 10 núcleos a 3,30 GHz....
  • Insomniac Games Valve Sunset Overdrive

    Insomniac Games lança Sunset Overdrive para PC (Vídeo)

    Sunset Overdrive, um shooter de acção e aventura da Insomniac Games, lançado em 2014 para a Xbox One, já está disponível para PC através das plataformas Windows Store e...
  • HP ZBook X2

    Visualmente, este ZBook X2, com o ecrã desligado, assemelha-se a uma mesa digitalizadora para trabalhos gráficos, fruto da quase inexistente moldura do ecrã táctil de resolução 4K, e pela...
Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link