JogosNintendo

Descoberta nova vulnerabilidade na Nintendo Switch que pode abrir as portas à pirataria

Foguete Nintendo Switch

Membros da equipa Reswitched descobriram uma vulnerabilidade na consola Nintendo Switch que pode permitir a execução de código não permitido em todas as consolas actuais. Esta vulnerabilidade chamada “Fusée Gelée”, ou “Foguete Gelado”, explora um erro no código do modo de recuperação de USB do processador Nvidia Tegra X1 presente nas consolas da Nintendo. Não parece que, devido à natureza deste bug, a Nintendo consiga corrigi-lo por software, o que pode abrir a porta à pirataria de jogos na Switch.

Para explorar a vulnerabilidade, primeiro tem de se colocar a consola em modo de recuperação USB, através de um curto-circuito num pino do Joy-Con da direita. O código é depois injectado num ponto específico da verificação da ligação USB, o que faz com que o sistema peça mais informação do que está preparado para processar, o que leva ao transbordar do buffer DMA da ROM de arranque, o que dá acesso a zonas protegidas do código da consola. A partir desse ponto pode-se executar o que se quiser na consola. Segundo a equipa Reswitched, como a ROM de arranque da Switch está num circuito que não pode ser alterado, não existe nenhuma forma da Nintendo e da Nvidia resolverem este problema através de uma actualização de software nos mais de 14 milhões de consolas que já foram vendidas.

Esta vulnerabilidade pode ser utilizada para piratear jogos, mas também para acrescentar funcionalidades, como a capacidade de se fazerem cópias de segurança dos saves dos jogos para que possam ser repostos em caso de avaria da consola, ou da sua perda. A equipa Reswitched também anunciou que vai lançar um conjunto detalhado de guias sobre esta vulnerabilidade no dia 15 de Junho.

Esta não é a primeira vez que a Switch é desbloqueada, no passado o grupo Fail0verflow já tinha mostrado um emulador a correr o jogo Legend of Zelda: Wind Walker. Mais recentemente também lançou um “exploit” da ROM de arranque da Switch chamado “shofel2”.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×