Review – Acer Predator 17X

Este é o verdadeiro desktop replacement!

Apesar de ter um formato de computador portátil, vê-se ao longe que o Predator 17 X da Acer é uma máquina construída para jogar em cima de uma secretária. Talvez seja o teclado às cores ou chassis preto com notas em vermelho, mas não é só. É tudo isto combinado com o tamanho e a espessura do computador. Basta olhar para ele e ver que esta máquina é grande e pesada. Não é, de todo, um computador que queira levar de viagem consigo. Pelo menos às costas, dentro de uma mochila.

O Predator 17X tem um ecrã Full HD (1080 x 1920) de 17 polegadas com sistema Nvidia G-Sync, que está ligado a uma placa gráfica Nvidia GeForce GTX 1080 com 8 GB de memória GDDR5 dedicada. O processador é um Intel Core i7-7820HK com quatro núcleos e 8 NB de cache, que pode chegar aos 3,9 GHz de velocidade. Há ainda 32 GB de memória RAM DDR4 que funcionam a 1200 MHz.

O sistema de armazenagem é duplo: temos um SSD NVMe PCI Express de 256 GB que serve para guardar o Windows 10 e um disco mecânico com 1 TB de capacidade para o resto dos dados. Estes dois dispositivos são complementados com um leitor de cartões de memória SDCard. Em relação a ligações com fios, existem cinco entradas USB 3.0 (uma delas, USB Type-C), HDMI e DisplayPort.

Como qualquer gamer sabe, para jogar online sem falhas é preciso usar uma ligação à Internet por cabo; por isso, o Predator 17X tem uma entrada para rede Gigabit que liga a uma placa de rede Killer. A Killer também é responsável pelo controlo da rede sem fios, que é compatível até à norma 802.11ac. Esta marca é especialista no fabrico de controladores de rede optimizados para jogos que, ao remover a carga de processamento do tráfego de rede do CPU, permite velocidades maiores e menores latências. Por fim, existe também a hipótese de ligar o Predator a vários dispositivos, através de Bluetooth.

Acer Predator 17X

O Predator 17 não é só grande – com mais de quatro quilos, é também uma máquina que não é fácil de transportar. Apesar de ser grande, é uma máquina que fica bem em cima de qualquer secretária. A parte de trás é dominada pelas saídas de ar do sistema de ventilação da gráfica e processador. É que isto de ter potência de processamento requer arrefecimento a condizer…

O teclado é do tipo ‘chiclete’ com iluminação LED e o trackpad também é iluminado. O arranque é praticamente instantâneo logo após o POST. Por falar em POST, a Acer colocou uma animação específica no arranque do computador, que inclui um pequeno efeito sonoro que se pode desligar através da BIOS, se não gostar de o ouvir cada vez que a máquina reinicia.

 

AcerPredator17X
Apesar de ser uma máquina rápida, quando se está em modo trabalho praticamente não faz barulho. No entanto, quando se começa a jogar, as ventoinhas fazem-se ouvir – isto é uma coisa que se resolve com um bom headset para jogos.
Nos nossos testes, o Predator portou-se bem. Conseguimos atingir 128 fps no jogo Far Cry 4 e 106, no Metro Last Light. Nos testes sintéticos conseguimos valores muito próximos do esperado para uma máquina com um processador desta geração.

 

PCMark Home PCMark Work 3DMark Firestrike 3DMark Icestorm FarCry 4 1920X1080 High Metro Last Light 1920×1080 DX11 Very High AF 16x
4362 3824 14 615 100 354 128,48 106,74

Ponto Final
Por 3300 euros, leva para casa um computador capaz de correr a maioria dos jogos com tudo no máximo e a velocidades muito interessantes. Não é, contudo, a máquina mais rápida que passou por cá, mas andou perto. Muito perto!


Medições: 3,6

Experiência de utilização: 2,8

Preço: 2

Nota final: 8,4


Distribuidor: Acer

Contacto: Acer.pt

Preço: €3300


Ficha técnica

Processador: Intel Core i7-7820HK a 2,90 GHz

Memória: 32 GB DDR4 SDRAM

Armazenamento: HD 1 TB + SSD 256 GB

Ecrã: 17,3 polegadas (1920 x 1080)

Placa Gráfica: Nvidia GeForce GTX 1080 com 8 GB GDDR5X

Ligações: Gigabit Ethernet, HDMI, 3 x USB 3.0, 1 x USB Type-C

Dimensões: 39,7 x 39,7 x 423 x 321,5 mm

Peso: 4,2 Kg

Acer Predator 17X
Acer Predator 17X
Gostámos
  • Velocidade
  • Escolha de componentes
A rever
  • Peso e dimensões
Categorias
MobilidadeReviews

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Sem comentários

Deixe um comentário

*

*

Publicidade

RELACIONADOS

  • Sony Xperia XZ Premium

    Review – Sony Xperia XZ Premium

    Com a chegada do Xperia XZ Premium, a Sony demonstra como é possível colocar as mais importantes inovações tecnológicas do momento. Mas ter-se-ão esquecido do design?...
  • Laiq Glam

    Review – Laiq Glam

    As novidades são o Glam e o Monaco, um exclusivo MEO (ou Altice, daqui para a frente). O Glam destaca-se pela construção metálica, uma melhoria face ao anterior Glow,...
  • LG Super UHD SJ850

    Review – LG Super UHD SJ850

    Em 2015, a Samsung lançou as suas televisões topo de gama com a designação SUHD, tendo a LG ripostado em 2016 com o lançamento das suas Super UHD, que...
  • HP Elitebook X360 1030 G2

    Review – HP Elitebook X360 1030 G2

    Este é, talvez, o terceiro ou o quarto computador híbrido da HP que passa aqui pela redacção. O Elitebook tem a particularidade de permitir que o ecrã seja rodado...

Insira o seu nome e endereço de e-mail para receber as newsletters da PCGuia