Review – Canon Pixma TS9050

No final do ano passado, a Canon revelou a nova linha de impressoras jacto de tinta PIXMA, no qual se destacava a topo de gama TS9050 com o seu...

No final do ano passado, a Canon revelou a nova linha de impressoras jacto de tinta PIXMA, no qual se destacava a topo de gama TS9050 com o seu formato invulgar, não apenas em relação aos restantes modelos da gama, como aos que existem no mercado.

A sua forma rectangular poderá parecer algo invulgar, porém faz parte da estratégia: torna-se 30% mais compacta que o anterior modelo topo de gama da Canon. Felizmente, a marca optou por combinar linhas simples com a aplicação de um contraste, onde os painéis superior e inferior são em branco, com a zona central em preto. Esta zona é dominada pelo enorme ecrã táctil de cinco polegadas, onde pode controlar todos os parâmetros desta impressora multifunções.

Infelizmente, as suas dimensões compactas acabam por a tornar pouco “capaz” em termos de capacidade de papel (apenas cem folhas na bandeja frontal e vinte na traseira). Contudo, é preciso ter em conta que esta é uma impressora doméstica onde o design salta à vista, e não um equipamento empresarial, como as Pixma MX, ou as Maxify. Este modelo destaca-se ainda da restante gama pela inclusão de funcionalidades que lhe permite simplificar a impressão através de diversos dispositivos.

Para isso, há ligações Ethernet, Wi-Fi e NFC, estas últimas para que possa imprimir sem fios: caso tenha um iPhone, iPad ou um terminal Android, pode instalar a app gratuita Canon Print. Será ainda possível usar outras soluções como Wi-Fi Direct e Access Point Mode, permitindo que um computador portátil ou dispositivo móvel se ligue à impressora, sem precisar de um router ou da palavra-passe da rede.

Por se tratar do modelo de topo, a Canon aplicou uma solução que conhecemos dos modelos fotográficos, como a utilização de seis tinteiros individuais, à qual se junta os adicionais tinteiros de pigmentos de preto e cinzento, sendo este último perfeito para a impressão de fotografias a preto e branco, contribuindo de forma exemplar para a melhoria da escala de cinzentos.

Os resultados, como a resolução anunciada demonstra (9600 x 2400 dpi), são excelentes, especialmente em modo fotográfico, sendo a velocidade igualmente impressionante. Em termos de custo de impressão, este modelo encontra-se perfeitamente dentro da média entre os modelos, sendo possível imprimir-se a preto por apenas um cêntimo por página com um tinteiro normal, ou 0,4 cêntimos, com tinteiros XL.

Categorias
PeriféricosReviews

Editor da revista PCGuia, com mais de 10 anos no mercado de publicações tecnológicas. Grande adepto de tudo o que seja tecnológico, ficção científica e quatro rodas.
Sem comentários

Deixe um comentário

*

*

Publicidade

RELACIONADOS

  • Canon EOS 800D

    Review – Canon EOS 800D

    Depois de termos testado as EOS 80D e EOS 77D, faltava a 800D para fecharmos o trio de máquinas reflex da Canon que utilizam o mesmo sensor de imagem:...
  • Asus Zenfone Zoom S

    Review – Asus Zenfone Zoom S

    Como o seu nome indica, este novo smartphone da Asus foi desenhado com a fotografia em mente, mais que qualquer outro aspecto. O Asus Zenfone Zoom S tem duas...
  • Review: iMyFone Umate Pro

    Se é um utilizador intensivo de dispositivos móveis e utiliza um iPhone como smartphone, o mais certo é estar arrependido de não ter adquirido uma versão com maior capacidade...
  • Review: EaseUS Data Recovery Professional

    A praga dos ficheiros desaparecidos é uma realidade que todos nós conhecemos, muitas vezes pelas piores razões. Felizmente existe inúmeras soluções para evitarmos, através da aplicação de um bom...