Mobilidade

Review – Huawei Mediapad M2 10

Huawei Mediapad M2 10

Dez polegadas é o tamanho do ecrã LCD deste tablet da Huawei. As imagens que este ecrã é capaz de reproduzir têm uma resolução máxima de 1200 x 1920. Embora não seja uma máquina exageradamente grande, o Huawei Mediapad M2 10 é algo pesado, com quase 500 gramas, o que faz com que seja um pouco desconfortável ao fim de algum tempo, quando se quer usar ao alto e com uma única mão. Isto deve-se principalmente ao metal usado na sua construção que lhe confere uma qualidade de montagem muito acima da média, mas que aumenta um pouco o peso total.

Os Mediapad M2 existem em duas versões: a de 16 GB, mais barata e a premium, um pouco mais cara, mas que inclui 64 GB de memória de armazenagem, uma caneta que pode ser usada para escrever e desenhar directamente no ecrã do dispositivo e uma capa que também serve de suporte quando se quer usar o tablet em cima de uma mesa.

A caneta é a pilhas e tem a possibilidade de detectar 2048 níveis de pressão no ecrã. Para além de permitir desenhar e escrever, a caneta também pode substituir os dedos utilizador. O ideal para quem não gosta de ver o ecrã cheio de dedadas ao fim de algum tempo de utilização.

Uma coisa comum aos dois modelos é o sensor de impressões digitais que está na parte de baixo do ecrã e que serve, como habitual, para autenticar o utilizador automaticamente, sem a necessidade de inserir qualquer PIN ou password. A câmara traseira é de 13 MP e a frontal de 5.

Internamente, o Mediapad M2 tem um Systema on a Chip Kirin 930 que tem um processador octa-core, que é composto por: quatro núcleos Cortex A53 a funcionar a 2 GHz e outros quatro núcleos iguais, mas a funcionar a 1,5 GHz. Os gráficos são gerados por um GPU Mali T628 MP4. A versão normal tem 2GB de memória RAM e a versão Premium 3GB. Outras funcionalidades incluem compatibilidade com redes sem fios até à norma 802.11 ac, Bluetooth 4, GPS e Glonass.

O sistema operativo é o Android 5.1 como habitualmente, personalizado com a interface Emotion UI da Huawei. Este é um dos tablets mais bem construídos que já vi, pela qualidade de montagem e pelos materiais utilizados.

O ecrã é muito bom, mas falta-lhe algum fulgor. Já no desempenho geral, o Mediapad conseguiu resultados muito interessantes como se pode ver pela tabela. Francamente a opção Premium vale muita mais a pena que a versão menos potente, pela presença da caneta e da capa.

Duração da bateriaAntutuPCMark Work3D Mark Ice Storm Unlimited
13 horas48685452911157
PCGuia

1 comentário

Os comentários estão encerrados.

Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×