MobilidadeReviews

Review – HP Elitebook Folio G1

Os processadores Intel Core-m começaram a sua “carreira” dentro dos novos Macbook. Lançados no ano passado, prometem praticamente o mesmo desempenho dos seus primos mais potentes como os i5 e i7, mas com uma poupança de energia substancialmente maior, o que se traduz em autonomias muito maiores. E se, no início, a gama destes processadores era composta apenas por dois modelos, neste momento já conta com quatro: do Core m3 ao Core m5.

No entanto, pelo menos em Portugal, as marcas de computadores têm optado por lançar mais modelos que incluem os processadores tradicionais do que estes novos talvez por serem menos conhecidos pelo público. Uma das excepções é a HP que acaba de nos fazer chegar o novo Elitebook Folio G1 que faz parte de uma nova família de computadores portáteis que tem modelos com todos os processadores Core m.

A HP fez-nos chegar o Elitebook Folio G1, o modelo com processador Intel Core m5 de dois núcleos que funciona a 1,1 GHz e pode ir até aos 2,7 GHz em modo boost, 8 GB de memória RAM e um SSD Samsung com 256 GB de capacidade. O processador gráfico Intel Graphics 515 está integrado no processador e não dispõe de qualquer memória própria, o que obriga o sistema a reservar memória RAM para os gráficos, o que não é de todo um bom presságio.

O ecrã é de 12,5 polegadas e oferece uma resolução 1080p, ou seja 1920 x 1080. Tal como o Macbook, este HP Elitebook Folio G1 apenas dispõe de entradas USB Tipo-C que servem basicamente para tudo. Incluindo o carregamento da bateria.

A única dificuldade que um utilizador típico pode encontrar pela utilização deste tipo de entradas é não existirem muitos dispositivos USB que usem esta norma de série. No entanto, através de adaptadores, qualquer dispositivo USB tradicional pode ser usado com estas entradas. Mas terá sempre de gastar dinheiro num adaptador.

Uma particularidade destas entradas do Folio é a compatibilidade com a norma Thunderbolt da Intel que ainda aumenta mais a versatilidade destas entradas, mas, uma vez mais, é complicado encontrar dispositivos Thunderbolt. E os que existem são para aplicações um pouco fora do âmbito de uma máquina com um processador Core m, como a edição de vídeo.

O HP Elitebook Folio é uma máquina muitíssimo bem construída. É muito fina e toda feita de metal ao estilo ‘unibody’ da Apple. Os 950 gr de peso tornam esta máquina num dispositivo que consegue levar facilmente para todo o lado sem grande esforço. O teclado é retroiluminado e o trackpad para o rato, embora não seja muito grande, é preciso e confortável de usar.

A qualidade de imagem é boa, mas não impressiona. No que respeita a desempenho, a falta de velocidade dos Core m da Intel vem ao de cima. O arranque é feito em 17 segundos – para um exemplo, o Acer Aspire S13 também testado por nós, consegue arrancar em 9 segundos e meio.

O tempo de vida da bateria medido através do teste de bateria do PCMark 8, que simula um padrão de utilização da máquina num ambiente profissional, é de quase 5 horas, o que é bom, mas não impressiona.

PCMark 8 Work PCMark 8 Home PCMark 8 Work (Bat) 3D Mark Cloudgate
2852 2522 258 minutos 3802
PCGuia
Pedro Tróia
Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia e fique a par das últimas notícias, dicas e truques de hardware e software.
Subscrever
close-link
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×