Review – Asus ZenWatch 2

A construção dos smartwatches da Asus mantém-se uma das vantagens da fabricante. O design é interessante, mas posiciona a segunda versão deste relógio apenas para o público masculino, já...

A construção dos smartwatches da Asus mantém-se uma das vantagens da fabricante. O design é interessante, mas posiciona a segunda versão deste relógio apenas para o público masculino, já que o mostrador é muito grande (mas confortável). O ecrã AMOLED tem uma qualidade óptima, mesmo em situações de muita luz mas a relação entre as dimensões do ecrã e da moldura são desproporcionais e é esta moldura que torna o ZenWatch 2 grande.

O modelo que testámos tem a pulseira em aço, uma opção muito elegante mas que dá peso excessivo ao ZenWatch. Se optar pela versão de couro, poupa sessenta euros e fica com um relógio mais leve. A coroa acaba por ser demasiado saliente, tendo em conta que só serve como botão de bloqueio. Por outro lado pode definir gestos para controlar as aplicações, conseguindo uma resposta instantânea.

A bateria é uma das vantagens do ZenWatch 2, já que se consegue muita autonomia com pouco tempo de carregamento (60% em quinze minutos). A integração do Android Wear no relógio da Asus é perfeita, pena é que este sistema ainda seja tão limitado com o iPhone, pelo que sugiro este relógio para utilizadores de smartphones Android, ou não conseguirão retirar total partido da experiência. Além das típicas notificações e de todas as funções Android Wear, com o ZenWatch 2 também poderá ainda atender chamadas no relógio. A aplicação Asus Remote Camera é a melhor para utilizar a máquina fotográfica remotamente, já que além de activar a câmara e de mostrar a imagem que esta está a captar, ainda pode fazer zoom, ligar o temporizador, alternar entre câmara frontal e a traseira, bem como gravar vídeo.

No entanto, quem é praticante de fitness não vai encontrar o melhor companheiro no ZenWatch, uma vez que existem opções mais baratas e dedicadas ao desporto; este dispositivo peca ainda pela ausência de um sensor de batimentos cardíacos. Em compensação, tem resistência à agua (em metro, durante trinta minutos) e ao pó. Mais uma vez vemos um smartwatch limitado a um carregador específico, obrigando ao transporte de mais um cabo.

Categorias
MobilidadeReviews
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link