Review – QNAP HS-251+ Silent NAS

Há anos que faço análises a sistemas NAS e já vi de tudo: desde máquinas com duas baias para ter em casa, até sistemas com seis espaços para discos,...
Review - QNAP HS-251+ Silent NAS

Há anos que faço análises a sistemas NAS e já vi de tudo: desde máquinas com duas baias para ter em casa, até sistemas com seis espaços para discos, dignos de estarem num datacenter.

Este novo HS-251+ da QNAP pertence claramente ao primeiro grupo. Trata-se de um NAS com duas baias que também quer ser um leitor de vídeo. Para tal até tem uma saída HDMI para ligar à TV e vem acompanhado por um comando a distância para que não tenha de levantar o rabo do sofá para o operar. Por fora, até pode ser confundido com um qualquer leitor de vídeo ou com uma box de um qualquer operador de TV por cabo.

Lá dentro está um processador Intel Celeron de quatro núcleos a funcionar a 2 GHz e 2 GB de memória RAM. Ao contrário do que acontece com outros sistemas NAS, e para manter o aspecto de leitor de vídeo próprio para estar numa sala, os discos são montados na horizontal.

A ligações são compostas por uma saída HDMI, duas entradas para rede com fios Gigabit, duas entradas USB 3.0 e duas USB 2.0. Estas portas USB podem ser usadas para expandir o espaço de armazenamento, mediante a utilização de drives externas.

O sistema operativo é o QTS 4.0 que não é mais que um Linux adaptado para a utilização em sistemas NAS e que oferece uma interface gráfica para a configuração do sistema que pode ser acedida através de um browser web como Chrome ou o Firefox.

De resto, esta máquina oferece tudo o que os outros modelos da QNAP oferecem, como a partilha de ficheiros em rede compatível com a maioria dos sistemas operativos actuais, servidor de media, Web e FTP, cliente para downloads através de redes de partilha de ficheiros Bittorrent e também coisas mais exóticas como servidor de virtualização para a execução remota de máquinas virtuais e um software para montar um sistema de videovigilância.

Ser tão completo é bom, mas neste contexto, nem por isso, isto porque torna o sistema complicado de configurar para os utilizadores menos experientes tecnicamente. O sistema devia ser modular, permitindo ao utilizador instalar apenas as funcionalidades que pretende usar.

A qualidade da construção é muito boa e a montagem dos discos é muito fácil. No entanto, podia ter um sistema de montagem que dispensasse a utilização de uma chave de parafusos. Este NAS da QNAP chama-se Silent NAS e com efeito não faz barulho porque não tem ventoinhas. Mas assim que instala um disco que não seja SSD, começa logo a fazer barulho porque o som do motor e da rotação do disco ecoa dentro da caixa.

Em termos de velocidade, este HS-215+ conseguiu uma taxa de transferência de 58 MB/s em escrita e 64 em leitura: estes valores colocam-no no campeonato da gama média.

Pela qualidade de montagem e opções este NAS é interessante; contudo, como leitor de media, existem opções melhores e mais baratas no mercado.

Categorias
ArmazenamentoReviews

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link