MobilidadeReviews

Review – Huawei Nexus 6P

Review - Huawei Nexus 6P

Quando a Google anunciou que o seu topo de gama iria ser feito pela Huawei fiquei com uma enorme expectativa, muito por culpa dos bons smartphones que a marca foi lançando ao longo de 2015: Huawei P8 e Mate S, por exemplo.

Uma coisa que me ficou na retina foi o design, todo em metal, com um ecrã de 5,7 polegadas e uma leve “bossa” na traseira a toda a largura do topo, que escondia a câmara de 12,3 MP. A Google, como fica provado mais uma vez, não brinca na altura de escolher o fabricante para o seu Nexus e, desta vez, a Huawei arrisca-se mesmo a ter lançado o melhor modelo deste género, quer nas especificações (nada de difícil, devido à natural evolução tecnológica), quer no design.

Há, pelo menos, três características que fazem do Nexus 6P um excelente terminal: a primeira é o ecrã, um AMOLED com Corning Gorilla Glass capaz de mostrar cores bem vivas e com uma densidade de 518 ppi, valor apenas superado pelos smatphones Android LG G4 e Sony Xperia X5 com ecrã 4K.

A segunda característica de destaque no 6P é a ligação USB-Type C que permite um carregamento em tempo recorde, quando usada com a tomada de 3 A que vem na caixa: em cerca de uma hora ficamos com este Huawei com quase 90% da carga total.

Contudo, há uma desvantagem: vai ter de andar com o carregador e o cabo fornecido sempre consigo para que possa usar este superpoder, uma vez que a tomada também tem uma entrada USB-Type C. Ainda assim, há um cabo USB normal que pode ser utilizado para carregar o Nexus no computador, embora sem os resultados de carregamento “flash” proporcionados pelo cabo original.

Finalmente, temos a câmara fotográfica que consegue excelentes resultados em ambientes com pouca iluminação. Isto é explicado pela abertura f2.0, que a torna melhor que a de um iPhone 6S (f2.2), por exemplo. Além disto, gostei do tipo de operação do modo de fotografia, com a sua interface simples e sem dezenas de opções que só complicam na altura de tirar uma foto

Nexus 6P câmara

É boa a decisão da Google em remeter filtros e outras definições de imagem para a Galeria, onde podemos depois editar as fotos com mais tempo e cuidado.

Em relação ao desempenho, estamos também perante resultados que só reforçam ainda mais o estatuto de topo de gama do Nexus 6P. Embora nos benchmarks PCMark e 3D Mark haja terminais com resultados melhores, no AnTuTu apenas é ultrapassado na nossa lista pelo Huawei Mate 8, actualmente o melhor Android testado pela PCGuia.

A justificação dos 87 058 pontos conseguidos nesta plataforma de testes independente está no duplo processador quad-core Cortex A53 com 1,55 e 2.0 Ghz, bem como na GPU Adreno 430 que nunca o vão deixar mal em jogos ou na utilização normal do dia-a-dia.

O Huawei Nexus 6P pode ser comprado directamente na loja on-line da Google (store.google.com) com três tipos diferentes de armazenamento: 32, 64 e 128 GB.

Os preços são bastante mais baixos que alguns dos seus concorrentes directos. Para que tenha uma ideia, a versão mais cara, a de 128 GB, tem um preço de 799 euros, sensivelmente o mesmo preço que o iPhone 6S mais barato do momento, que tem apenas 16 GB de espaço.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×