Review – Steam Link

Esta caixa de stream faz a ponte entre o PC e a televisão, e na maioria das vezes, fá-lo com subtileza. A pequena caixa negra da Valve pode ter...
Review - Valve Steam Link

Esta caixa de stream faz a ponte entre o PC e a televisão, e na maioria das vezes, fá-lo com subtileza. A pequena caixa negra da Valve pode ter vindo ajudar o computador a roubar um lugar que há muito pertence às consolas: o móvel da TV. O Steam Link tem um objectivo simples que concretiza, na maioria das vezes, na perfeição: permitir usufruir da nossa colecção de jogos na TV, ao mesmo tempo que, pelo meio, nos permite controlar o computador.

É muito simples interligar o PC com o Steam Link: depois dos passos óbvios (ligar à TV, ao cabo Ethernet e adicionar um rato) é só inserir o código que aparece no computador. E pronto, está a funcionar e agora podemos correr qualquer jogo na televisão, desde que o Steam Link esteja na mesma rede que o computador. Experimentámos jogos como LEGO: Lord of the Rings, DiRT Showdown e Tomb Raider. A resposta do Steam Link foi exactamente como esperávamos: suave e eficaz. É agradável encontrar um produto que cumpre o que promete por um preço acessível.

A aparência é bastante simples, todo em preto, muito semelhante a um disco rígido portátil, mas com uma saída HDMI, três portas USB e Ethernet. A interface é simples, intuitiva e é o único sítio onde se desliga o Steam Link, porque no exterior não existe nenhum botão. Pode fazer-se acompanhar do Steam Link para todo o lado e, como este guarda os computadores com que é emparelhado, só tem de inserir o código a primeira vez.

Convém que a máquina que está realmente a correr o jogo esteja equipada com um GPU. Além disso, a Valve também recomenda uma ligação de Internet estável, pelo que seguimos os conselhos e usámos um cabo Ethernet (ligado por powerline).

É claro que pode usar o Steam Link com Wi-Fi, mas não é recomendado (a não ser que tenha uma norma específica). Se a gráfica ou a rede forem fracas, eventualmente existirão picos de lag e a imagem vai congelar. Durante a instalação de alguns jogos tivemos de ir ao computador e alguns pop-ups ou programas também exigiram mais atenção, mas isto porque estávamos a usar o comando.

A melhor maneira de jogar através do Steam Link é com o comando, e é aqui que o PC pode “roubar” tempo de antena às consolas. É óbvio que o Steam vende um comando especialmente desenhado para o Steam Link, mas também pode ser utilizado com os comandos da Xbox One e Xbox 360. Esta opção é óptima para quem não quer ter um teclado e um rato na sala. Por outro lado, há coisas que não conseguimos controlar com o comando como fazemos com o rato. Como o que usámos foi o da Xbox, não conseguimos atingir a perfeição na interactividade… talvez o oficial corrija esta falha.

Categorias
PeriféricosReviews
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link