Review – Huawei MediaPad M3

Não são só smartphones, a Huawei também tem tablets....
Huawei MediaPad M3

Não são só smartphones, a Huawei também tem tablets. O mais recente chama-se Mediapad M3, tem um ecrã com 8,4 polegadas, de tecnologia IPS, capaz de reproduzir imagens a 1600 x 2560. O MediaPad M3 é todo feito em metal, com excelente acabamento. Os 323 gramas que pesa dão-lhe “mão”, mas sem exagerar. Por dentro está um SoC Kirin 950 da própria Huawei, que inclui quatro núcleos de processamento Cortex A72 que funcionam a uma velocidade máxima de 2,3 GHz e mais quatro núcleos Cortex A53 capazes de irem até aos 1,8 GHz.

No SoC estão ainda 4 GB de memória RAM e um processador gráfico Mali-T880 MP4. O MediaPad dispõe ainda de 32 GB de memória flash que podem ser ampliados através de cartões de memória microSD até um máximo de 128 GB. A bateria é de 5100 mAh.

Este tablet pode ligar-se a redes sem fios até à norma 802.11 ac. O sistema Bluetooth usa a versão 4.1. A ligação USB do carregador e sincronia de dados é microUSB. As câmaras são ambas de 8 MP. O sistema operativo é o Android 6.0 personalizado através da excelente skin Emotion UI 4.1

Como disse no início do texto, este tablet está muito bem construído, o ecrã é impressionantemente nítido. Apesar de ainda trazer a versão anterior do Android, experiência de utilização é muito fluída, muito por culpa da skin EmUI. A câmara traseira podia ter um pouco mais de resolução, até porque a Huawei já vai tendo tradição de fazer smartphones que oferecem muito boas capacidades fotográficas, mas escolheu não aplicar esse know-how neste produto.

A Huawei fez-nos chegar a versão mais baixa que tem 32 GB de memória flash e acesso Wi-Fi. No entanto, existem outras três versões com 32 GB, Wi-Fi e acesso a rede móvel 4G. E com 64 GB de memória flash, com e sem sem dados móveis.

Em termos de desempenho, o MediaPad M3 oferece prestações muitíssimo interessantes principalmente ao nível dos gráficos, onde conseguiu obter o melhor resultado de entre todos os tablets que nos passaram pela redacção. A bateria consegue fazer o MediaPad M3 funcionar durante mais de oito horas num esquema de utilização aproximado ao da vida real, que inclui navegação pela Internet, vídeos e jogos.

Categorias
MobilidadeReviews

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Sem comentários

Deixe um comentário

*

*

Publicidade

RELACIONADOS

Subscreva as newsletters da PCGuia e ganhe

%

30

DE DESCONTO NA ASSINATURA ANUAL DA REVISTA.

30

%

Obrigado pela subscrição!

Vai receber um email nosso com um link para activar a subscrição da newsletter. Na página onde confirma a subscrição encontrará um código de desconto de 30% na aquisição de uma assinatura de 12 meses da revista.