Snapdragon 845 promete (muito) mais velocidade e inteligência artificial

O novo SoC da Qualcomm foi apresentado ontem na "Snapdragon Technology Summit" a decorrer no Havai.
Snapdragon 845

A Qualcomm apresentou ontem o seu mais recente processador para dispositivos móveis topo de gama, o Snapdragon 845. A Qualcomm é a empresa fabricante de SoC (System on a Chip – componentes que integram o processador, memória RAM, e os outros vários processadores) presentes em praticamente todos os dispositivos que não sejam Samsung, Apple ou Huawei que fabricam os seus próprios componentes. A marca também se prepara para entrar no mercado dos computadores pessoais Windows no próximo ano, com o lançamento dos primeiros PC “Always Connected” com Windows 10 S.

O novo SoC (System on a Chip) será fabricado pela Samsung através de um processo de 10 nm, tal como já acontecia com o modelo anterior, o Snapdragon 835. O processador em si, denominado Kryo 385, é uma declinação do processador Cortex da ARM e inclui quatro núcleos Cortex A75 a 2,8 GHz mais quatro núcleos Cortex A55 a 1,8 GHz para as tarefas menos exigentes. O processador irá incluir 2 MB de memória cache L3, mais 3MB de cache de sistema. A velocidade dos núcleos dedicados às tarefas mais exigentes foi aumentada em 19 por cento em relação ao modelo anterior graças a um novo desenho. Segundo a Qualcomm, este aumento irá corresponder a um desempenho 25 por cento superior em relação à geração anterior.

O processador gráfico, ou GPU, é o Adreno 630 que, segundo a Qualcomm, ira permitir gráficos com mais 30 por cento de desempenho e mais 30 por cento de eficiência energética. A empresa indica que o aumento de desempenho irá permitir a utilização de ecrãs com resoluções 4K (ou 2 x 2K) a velocidades de 120 Hz. Este é claramente um “piscar de olho” aos mercados da realidade virtual e da realidade aumentada. A Qualcomm promete que este processador suporta de série seguimento dos olhos, seguimento das mãos, renderização melhorada das zonas do ecrã para onde o utilizador está a olhar, rendering diferenciado (um sistema com utilidade em aplicações de realidade virtual porque permite renderizar, por exemplo, ângulos diferentes do mesmo objecto na mesma cena), e sistemas de posicionamento para headsets de realidade virtual. A Qualcomm até já não chama GPU ao Adreno 630, agora chama-se “Visual Processing Subsystem”

O Spectra 280, o processador de imagem, consegue agora processar imagens captadas a 4K HDR (10 bits) a 60 fps. A câmara lenta passa para 480 frames por segundo numa resolução de 720p. No campo da fotografia o Spectra 280 consegue processar fotografias de 16 MP a 60 frames por segundo e suporta detecção de profundidade da imagem.

O novo SoC 845 tem ainda uma unidade de processamento seguro (SPU) que serve para facilitar as tarefas de autenticação biométrica e encriptação, tudo num sistema separado de todos os componentes que processam o código das aplicações para evitar problemas de segurança.






No campo das comunicações, o modem presente no novo Snapdragon 845 é o Qualcomm X20 LTE que é capaz de uma velocidade teórica de 1,200 Mbps. Também há suporte para redes que usem o protocolo 802.11ad na banda dos 60 Ghz. Este tipo de ligações sem fios serve para mais para substituir as ligações por cabo do que para substituir o protocolo 802.11ac. Tem um alcance apenas de cerca de 9 m e uma velocidade máxima de 4,6 Gps. O Bluetooth também não foi esquecido, a Qualcomm fez alguns melhoramentos com o objectivo de reduzir o consumo de energia.

O DSP Hexagon 685, presente no Snapdragon 845, que tem como função o processamento de imagem e de tarefas relacionadas com inteligência artificial, suporta a nova API para redes neuronais presente no Android 8.1 Oreo.

O novo Snapdragon 845 deve chegar ao mercado no início de 2018, mesmo a tempo para as primeiras apresentações na edição 2018 do World Mobile Congress.

Categorias
HardwareMobilidadeNotícias

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.

Sem comentários

Deixe um comentário

*

*

Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Insira o seu nome e endereço de e-mail para receber as newsletters da PCGuia