Instituto de Telecomunicações participa na construção do microssatélite “Infante”

O objectivo da investigação passa pela observação da Terra e pela criação de comunicações, com especial foco nas aplicações marítimas.
Instituto-Telecomunicacoe

O Instituto de Telecomunicações (IT) prepara-se para participar na criação do do microssatélite “Infante”. A lançar em 2020, o objectivo da investigação passa pela observação da Terra e pela criação de comunicações, com especial foco nas aplicações marítimas.

Com um investimento de 9,2 milhões de euros e uma equipa de 150 investigadores, engenheiros e técnicos, o “Infante” irá estabelecer a base para novas linhas de negócio no sector espacial, contribuindo para «reforçar a posição de Portugal no panorama internacional do Espaço».

O projecto, liderado pelo grupo TEKEVER, conta com a colaboração de 10 centros de I&D, assim como com o apoio de organizações como a Autoridade Marítima Nacional ou o IPMA, e, ainda, de empresas nacionais e internacionais.

A participação do IT (Aveiro) no consórcio baseia-se no desenvolvimento de soluções de rádio, nomeadamente a integração de cabeças de rádio para bandas de 5GHz a 30GHz, que irão posteriormente ser integradas com a componente de comunicações e radar.

Via Instituto de Telecomunicações (IT).

Categorias
CiênciaHardwareNotícias

Terra. Europa. Portugal. Lisboa. Elite: Dangerous. Blade Runner. Star Trek. Star Wars. Kraftwerk. Project Pitchfork. Joe Hisaishi. Studio Ghibli.

Sem comentários

Deixe um comentário

*

*

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Insira o seu nome e endereço de e-mail para receber as newsletters da PCGuia