easyJet e Wright Electric apresentam o futuro eléctrico da aviação

Wright Electric quer produzir um avião totalmente eléctrico no espaço de uma década.
easyJet-Electric-Plane-New

A easyJet ofereceu esta semana um vislumbre do futuro da aviação através da colaboração com o fabricante de aeronaves eléctricas, a Wright Electric, com sede nos Estados Unidos.

A Wright Electric quer produzir um avião totalmente eléctrico no espaço de uma década, com o objectivo adicional de que cada voo curto gere zero emissões dentro de 20 anos.

A meta é a obtenção de aeronave com 335 milhas de autonomia, o que cobrirá 20% dos passageiros transportados pela easyJet actualmente.

A Wright Electric já apresentou o seu primeiro avião de dois lugares, revelando como a tecnologia funciona numa escala menor. Agora, a empresa pretende provar que a tecnologia pode ser pensada para acomodar as necessidades de aeronaves comerciais maiores.

A bateria no avião de dois lugares pesa aproximadamente 272 kg. No entanto, para uma escala maior, a Wright Electric utilizará uma nova forma de armazenamento de energia química que será substancialmente mais leve do que as baterias comerciais de hoje.

O avião da Wright Electric é projectado especificamente para voos de curta distância, o que é adequado para a rede de rotas easyJet, onde o voo médio dura cerca de duas horas.

Um avião totalmente eléctrico e todos os veículos terrestres eléctricos também «oferecerão benefícios para as comunidades que vivem perto dos aeroportos, uma vez que a pegada sonora será significativamente reduzida».

«Nós partilhamos com a Wright Electric a ambição de uma indústria de aviação mais sustentável. Assim como vimos com a indústria automóvel, a indústria da aviação trabalhará para alcançar uma tecnologia eléctrica que reduza o nosso impacto no meio ambiente. Pela primeira vez, podemos imaginar um futuro sem combustível para jactos e estamos entusiasmados em fazer parte disso. Agora é mais uma questão de quando teremos avião eléctrico de curta distância a voar», comentou Carolyn McCall, CEO da easyJet.

Via easyJet, Wright Electric.

Categorias
AmbienteCiênciaHardwareNotícias

Terra. Europa. Portugal. Lisboa. Elite: Dangerous. Blade Runner. Star Trek. Star Wars. Kraftwerk. Project Pitchfork. Joe Hisaishi. Studio Ghibli.

Sem comentários

Deixe um comentário

*

*

Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Insira o seu nome e endereço de e-mail para receber as newsletters da PCGuia