Bem–vindos ao mercado das caixas premium

Passamos em revista algumas das caixas premium mais emblemáticas.
Caixa PC

 

Uma caixa já não é um mero componente de um PC. Hoje, ocupa uma posição de destaque nas configurações e existem até modelos premium que chegam a custar milhares de euros, não só pela qualidade dos materiais e acabamentos, mas também pela reduzida quantidade de unidades produzidas.

IN WIN

Inwin
A In win tem sido a marca que mais arrisca no mercado premium, com grande parte dos seus modelos a custar largas centenas de euros e arrecadando vários prémios nas feiras de tecnologia Computex e CES. Os seus mais famosos modelos são os Open Frame (X, D e S) e Signature (H-Tower e tóu). Ambos têm unidades limitadas, cores invulgares e que requerem peças escolhidas a dedo a acompanhar.

Mais informação

Cougar

Cougar
Esta marca tinha passado despercebida até ao lançamento recente de uma caixa open-frame com um aspecto biónico que tem feito um grande sucesso: a Conquer. De base em tons preto e laranja, a estrutura é toda em alumínio e os painéis laterais em vidro temperado de 5 mm. A placa-mãe fica inclinada na caixa, o que lhe dá um aspecto ainda mais premium.

Mais informação

Cooler Master

Cooler Master
A Cooler Master renovou recentemente a linha Cosmos (full-tower) com dois modelos: a C700P com o slogan ‘Raising the bar(s)’, brincando com as barras do topo da linha Cosmos e a edição de 25 anos da marca, com uma versão da Cosmos II em tons claros e com vidro temperado curvado. A C700P não só tem um poderoso visual, como pode ser utilizada em ATX, ATX invertido e até com a placa-mãe a 90 graus, sem qualquer influência no restante exterior.

Mais informação

Phanteks

Phanteks
É na linha Enthoo que surgem os mais distintos modelos da Phanteks, com o EVOLV a ser dos mais conhecidos pelo painel em alumínio frontal, design futurista e discos SSD internos suspensos. O modelo Elite é uma super full-tower com capacidade para treze discos de 3,5” e um watercooling gigante: 124 litros.

Mais informação

SilverStone

Silverstone
Foi a sub-marca Raven que fez nascer a tendência das caixas com placa-mãe a 90 graus, modelos que, durante anos, inspiraram projectos com um visual futurista e abordagens diferentes ao cooling. A linha Z nasceu para combater no mercado das “console-killer” e tem modelos mais esguios que utilizam fitas de extensão do PCI-e para colocar a placa-gráfica noutra posição, dentro da caixa. A própria marca aposta em fontes SFX nestes modelos, formato que a própria cria nas potências mais elevadas do mercado, para computadores poderosos em pequeno volume.

Mais informação

Existe um padrão claro para criar modelos de caixas premium: a utilização de alumínio, formatos de caixa abertos (open-frame) e muito vidro temperado. São também estas as caixas que oferecem maior compatibilidade com sistemas de refrigeração a água, em especial os modelos full-tower. Em Janeiro é provável que estas cinco marcas apresentem as suas novas apostas na CES 2018.


 

Categorias
DicasModding
Sem comentários

Deixe um comentário

*

*

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Insira o seu nome e endereço de e-mail para receber as newsletters da PCGuia