Guia de iniciação ao Kodi

Este guia é para quem já ouviu falar do Kodi, mas não sabe muito bem o que é que ele pode (e não pode) fazer.
Interface do Kodi

O Kodi é o rei dos programas de reprodução organização de ficheiros de media que tem sido (injustamente) acusado de promover a pirataria de conteúdos. Este pequeno guia serve para esclarecer algumas coisas e mostrar o que pode e não pode fazer com este excelente programa.

O que é o Kodi e que funcionalidades oferece?

O Kodi é um programa open source para a reprodução de conteúdos digitais: fotografias, vídeo e áudio. O Kodi está disponível para Android, macOS, Linux, BSD, iOS, tvOS, Windows e XBox One. O Kodi é o descendente directo de um programa chamado XBox Media Center que, como nome indica, foi lançado em 2002 para a versão original da consola XBox da Microsoft. Em 2014, o nome foi mudado para Kodi.

O Kodi é um ‘media center’ que permite ao utilizador centralizar todos os conteúdos num único local que depois podem usados a partir de qualquer sítio. O Kodi é apenas um programa de reprodução, todo o conteúdo terá de ser fornecido pelo utilizador. Em alternativa, o utilizador terá de configurar o programa para aceder a conteúdos que estejam online.

O Kodi suporta virtualmente todos os formatos de áudio, fotos e vídeo. Isto permite ao utilizador aceder a ficheiros que utilizem as codificações mais antigas, ou as mais recentes. Existem também inúmeros add-ons que permitem o acesso a conteúdos de serviços de streaming como o Youtube ou Vimeo.

Se o utilizador pretender também pode aceder a programas de TV ao vivo porque o Kodi suporta a utilização de sintonizadores TV analógica e digital ou em streaming para ver ou gravar as emissões. Se quiser usar um sintonizador terá de comprar o hardware à parte.

Reprodução de ficheiros no Kodi

Como se pode perceber, o Kodi é uma plataforma imensamente versátil, no que respeita ao tipo de conteúdos que podem ser usados. Para além da óbvia utilização dos conteúdos gravados num suporte como um discos rígido ou pen drive, o programa permite também a utilização de conteúdos gravados em partilhas de rede SMB/SAMBA/CIFS, NFS, WebDAV ou UPnP (Universal Plug and Play).

Do lado da qualidade de imagem, o Kodi pode fazer upscaling (aumento artificial da resolução percepcionada pelo utilizador) para 720p, 1080i e 1080p. Existem também extensões (add-ons) que permitem a utilização de serviços como Youtube, Netflix e outros.

Quando adiciona conteúdos à biblioteca do Kodi estes são organizados através de ‘scrapers’, add-ons que procuram automaticamente em vários sites e serviços informações acerca dos conteúdos adicionados pelo utilizador. Estas informações incluem, por exemplo, o nome real do conteúdo a partir do nome do ficheiro, o ano de publicação e informação acerca de realizadores, actores, produtores, duração, género, sinopse e uma imagem relacionada com o conteúdo para mostrar na interface de navegação do programa.

O módulo de reprodução de vídeo do Kodi chama-se DVDPlayer, desenvolvido pela equipa responsável por manter o programa, que é baseado no FFmpeg. Para além dos formatos de vídeo, este leitor é capaz de reproduzir conteúdos a partir de outros tipos de ficheiro como imagens de suportes ópticos ISO ou IMG, ficheiros comprimidos RAR e ZIP entre outros.

Do lado do áudio, o leitor chama-se PAPlayer e inclui funcionalidades reprodução sem interrupções, crossfades e outras que se encontram nos leitores de áudio modernos.

O que são os add-ons do Kodi

Os add-ons são pequenos programas desenvolvidos pela equipa do Kodi, ou por outros programadores, que servem para aumentar as capacidades do Kodi ou acrescentar funcionalidades que não estão incluídas no programa base. Os add-ons podem ser instalados directamente a partir de repositórios online, como o oficial do próprio Kodi, ou a partir de ficheiros descarregados manualmente para um suporte de dados.

Nos repositórios os add-ons estão organizados em categorias como jogos, letras de músicas, vídeo, áudio, interface, meteorologia entre outros.




Ver TV e gravar em directo no Kodi

A versão base do Kodi inclui funcionalidades para ver e gravar emissões de TV em directo. Existem outros add-ons que permite fazer outras coisas como ouvir rádio. Configurar um sintonizador de TV no Kodi pode ser algo complicado para os utilizadores menos experientes, mas no site do programa existem vários tutoriais que explicam o processo detalhadamente.

O que são as Kodi Boxes?

As Kodi boxes são pequenos computadores, normalmente com sistema operativo Android (também existem com Windows), que têm como função principal a reprodução de conteúdos digitais e podem ser ligados a ecrãs e sistemas de som. O nome Kodi box, ou caixa Kodi, advém do facto de este ser o software de reprodução e organização de ficheiros de media mais usado neste hardware. Aliás, muitos destes leitores já incluem o Kodi de série.

O Kodi e as Kodi boxes são ilegais?

O Kodi é um programa completamente legal. Usá-lo é tão ilegal como qualquer outro programa que está no seu computador. O problema é que, muitas vezes, o Kodi é usado para consumir conteúdos obtidos por meios ilegais, por isso há quem ache que o programa promove a uma utilização ilegal. Mas assim também os browsers, clientes de FTP ou praticamente todos os meios que permitem descarregar ficheiros para o seu disco também são ilegais.

O problema de “ilegalidade” do Kodi advém da sua versatilidade que permite a existência de add-ons que permitem aceder a serviços pagos gratuitamente. Existem até muitas Kodi boxes (que nada têm a ver com a equipa que desenvolve o programa) que já são vendidas com add-ons pré instalados que apenas servem para pirataria. Se comprar uma Kodi box que não inclui nenhum destas add-ons então é perfeitamente legal.

Categorias
DicasGuia completo

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Hey You!

Subscreva a newsletter da PCGuia e receba notícias, dicas e truques sobre tecnologia directamente na sua caixa de correio electrónico. 

Obrigado pela subscrição!