Use o seu smartphone para correr jogos de realidade virtual

Dizem que a realidade virtual é a próxima grande moda para os fabricantes de componentes de computadores poderem vender os seus equipamentos. E o melhor é que há uma forma muito fácil de usar o seu smartphone em vez dos dispendiosos óculos VR existentes.
Google Cardboard

Oculus Rift e HTC Vive são alguns dos sistemas que permitem correr jogos especificamente criados para experiências de realidade virtual (RV). Infelizmente, nem todos nós nos podemos dar ao luxo de pagar centenas de euros por óculos que são, muito honestamente, algo limitados. Mas há uma esperança: um smartphone, Android ou iOS, pode ser transformado num ecrã de realidade virtual, com o apoio dos inúmeros adaptadores disponíveis no mercado, que podem custar entre 15 a 100 euros.

Para tal, terá que usar dois tipos de aplicações fundamentais, o Trinus VR e o Tridef 3D. Mas fica avisado que nem todos os smartphones são perfeitos para este tipo de utilização, sendo recomendável o uso de dispositivos com ecrãs de grandes dimensões e que tenham uma elevada densidade (alta resolução para a dimensão do ecrã).

1 – Conversão VR

Para começar, deverá instalar o TrinusVR no computador, para que o mesmo actue como servidor (gratuito), e no smartphone (Android e iOS), permitindo este apenas que utilize sessões de quinze minutos. O TrinusVR foi a nossa escolha por não ser limitativo como o VRidge, que só corre jogos compatíveis com sistemas Oculus Rift e HTC Vive, visto criar um modo 3D virtual, que permite converter qualquer título com grafismo em três dimensões num título de RV.

Passo 1

 

2 – Acrescentar profundidade

Com o TrinusVR dedicado a converter títulos em RV, é necessário usar o TriDef 3D para acrescentar profundidade à acção. Este software, que pode ser experimentado gratuitamente durante catorze dias, utiliza as informações de z-buffer dos títulos compatíveis (mais de 900, incluindo Skyrim e GTA V), criando uma profundidade real estereoscópica, fundamental para uma experiência de realidade virtual credível.

Recordamos que alguns títulos compatíveis com a plataforma SteamVR dispensam o uso deste TriDef 3D, visto que a questão da profundidade é totalmente gerida pela aplicação SteamVR.

Passo 2

3 – Ligue tudo

Para dar início à acção, terá de configurar o seu smartphone para funcionar em conjunto com o seu computador. Deverá activar o modo de tethering (ancoragem) por USB, sendo necessário aceder às definições adicionais de ligações, onde habitualmente costuma estar a opção de activar o Hotspot Portátil.

Passo 3

4 – Estereoscopia

Abra o TriDef 3D e escolha a opção de correr jogos em três dimensões, como forma de evitar o irritante menu inicial. A aplicação irá pesquisar que jogos tem instalados no seu sistema, embora este tende a pesquisar apenas nas pastas de sistema, sendo necessário introduzir a localização dos executáveis manualmente, caso estejam instalados em pastas diferentes.

Atenção, que nem todos os títulos são compatíveis, sendo recomendável dar uma vista de olhos na lista em goo.gl/FnLPxm. Se tudo correr bem, bastará clicar duas vezes no atalho criado para o título desejado, sendo reproduzida uma janela com o jogo, janela essa que recomendamos que seja corrida em formato 4:3 e com uma resolução baixa (800 x 600 ou 1024 x 768), com nível de filtros anti-aliasing baixa, sendo-lhe reproduzida uma imagem de ecrã dividido nessa janela.

5 – Streaming

Com o jogo a correr, está na altura de abrir o Trinus, tanto no computador que irá funcionar como servidor, bem como no smartphone, para receber o sinal. Lembre-se que o smartphone tem de estar ligado ao PC através da referida função de ancoragem por USB.

No servidor, aceda ao separador ‘Vídeo’ e desligue a função ‘Fake 3D’ (3D falso), escolhendo o modo de captura ‘General, no menu principal. Clique, de seguida, no ícone do triângulo para efectuar a ligação com o seu dispositivo móvel, clicando de seguida na janela onde o jogo está a correr, para que este apareça no ecrã do smartphone. Se o processo decorrer sem problemas, poderá colocar o smartphone dentro dos óculos e iniciar o passo seguinte: o do ajuste de imagem.

Passo 5

6 – Ajuste de imagem

Este passo é fundamental, até porque as definições estarão longe de serem as ideais para o seu dispositivo e para a sua vista. Por defeito, o Trinus não utiliza correctamente o modo de correcção de lentes, o que fará com que certas áreas do ecrã ficarão fora de visão, gerando um resultado confuso e prejudicial para a vista.

No computador, clique no triângulo para terminar a ligação, aceda ao menu principal e ajuste a escala da imagem para ‘Ultra’, arrastando o ponteiro das definições de compressão para a direita. No menu ‘Head Mount’, verifique se os seus óculos estão aí referidos e vá, de seguida, para as definições na aplicação no smartphone, escolhendo a opção de activar as lentes e ajustar o desempenho para modo ‘Quality’. Volte a ligar os óculos e a abrir o jogo, verificando nos óculos se a imagem está totalmente visível e significativamente mais definida.

Passo 6

7 – Ajuste de profundidade

Neste passo irá fazer um dos mais importantes ajustes para determinar a eficiência do sistema criado. Com o jogo a correr, carregue no botão numérico ‘0’ para aceder às definições no ecrã do TriDef. A partir deste menu, e utilizando as teclas numéricas ‘8’, ‘4’, ‘2’ e ‘6’ para navegar e tecla ‘5’ para seleccionar, aceda ao menu ‘3D’ para ajustar a profundidade de campo.

Evite colocar os valores no máximo, uma vez que este gera efeitos de sombra em objectos distantes, o que torna o resultado final demasiado artificial. Poderá ainda inverter a estereoscopia, permitindo aproximar ainda mais os objectos que estão mais próximos, embora isto tenha três efeitos secundários: o desgaste da sua vista, o esforço adicional para a sua placa gráfica e a perda de qualidade de imagem, já que estará sempre limitado pela densidade do ecrã do seu smartphone.

Passo 7

Categorias
Guia completo

Editor da revista PCGuia, com mais de 10 anos no mercado de publicações tecnológicas. Grande adepto de tudo o que seja tecnológico, ficção científica e quatro rodas.

Sem comentários

Deixe um comentário

*

*

Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Insira o seu nome e endereço de e-mail para receber as newsletters da PCGuia