Xiaomi vai abandonar a designação Mi

Os produtos da Xiaomi vão perder a designação Mi, para facilitar a sua associação à marca Xiaomi. As lojas físicas Mi Store vão passar a ser Xiaomi Store.

A Xiaomi tem utilizado, fora do mercado Chinês, a designação Mi para os seus produtos, testes smartphones, a aspiradores, purificadores de ar e televisores. Porém, essa designação vai deixar de existir, passando os equipamentos a designar-se somente de Xiaomi e o nome do produto em si. Os primeiros equipamentos que estão a usar esta nova nomenclatura são os novos Xiaomi Mix 4 e o Xiaomi Pad 5, que foram lançados no passado dia 10 de Agosto.

Na altura do lançamento, não existiu qualquer explicação para o sucedido, tendo sido preciso aguardar 14 dias até ao lançamento do comunicado oficial da marca, a anunciar as alterações no grupo:

Esta alteração permitirá unificar a presença global das nossas marcas, anulando assim qualquer margem existente entre a própria marca e os seus produtos. Esta alteração poderá demorar algum tempo até ficar finalizada em algumas regiões. Através desta alteração na identidade da marca, será mais fácil identificar as duas séries de produto que pertencerão ao grupo. Por um lado a Xiaomi passará a representar o melhor que a tecnologia tem para oferecer, aliado a uma experiência premium, tornando assim a Redmi na marca responsável por disponibilizar grandes inovações a um preço mais acessível, destinada a um público mais jovem. Esta diferenciação será reflectida também nos logótipos das marcas, bem como em todo o ecossistema de produtos, incluindo dispositivos IoT.

Esta alteração terá implicações também nas lojas físicas, actualmente designadas de Mi Store, que deverão passar a ser designadas de Xiaomi Store.