eFootball PES 2021 Season Update

No ano em que a série celebra 25 anos de vida, a Konami decidiu lançar uma nova versão de PES como uma simples actualização à edição de 2020.

Esta altura do ano é, para nós, os viciados em simuladores de futebol aqui na redacção (eu e o Ricardo Durand), uma excelente época, pois é quando temos uma desculpa para voltar a jogar futebol (virtual) durante o horário de trabalho.

Curiosamente, tal como aconteceu no ano passado, não foi possível fazer o confronto entre os dois grandes títulos, pois a Electronic Arts voltou a atrasar o lançamento do FIFA 21 – mas isso não nos impediu de testarmos o novo PES 2021, que se destaca por fazer um quarto de século de vida e por a Konami, este ano, ter lançado o jogo enquanto uma actualização da edição do ano passado. Este é um conceito que, durante os últimos anos, temos defendido, uma vez que as novidades introduzidas em cada edição anual são cada vez menos notórias.

Novidades
A Konami acaba por assumir que o novo PES não difere muito do anterior, uma vez que as alterações introduzidas com este update estão, essencialmente, associadas a actualizações de planteis, fundamental tendo em conta o arranque das principais ligas nacionais e competições internacionais.

O que não mudou foi a mecânica de jogo, e o motor gráfico, já que estas alterações estão todas planeadas para a nova geração, prevista só para a edição do próximo ano, já optimizada para as novas consolas da Sony e Microsoft. Ainda assim, a Konami aproveitou esta actualização para introduzir algumas novidades, como uma nova câmara, melhorias na mecânica dos dribles e nas jogadas ao primeiro toque.

Embora continue limitado em termos de licenças, face ao seu rival, a Konami tem em PES 2021 uma arma secreta: a licença do campeonato europeu de futebol da UEFA, o Euro 2020, com as 55 selecções apuradas devidamente licenciadas, e onde podemos defender o título conquistado em 2016, frente à França.

Já a Master League, o modo mais popular da série PES, recebe novos treinadores, novos clubes devidamente licenciados jogadores, equipamentos, estádios e cânticos das bancadas, mas vemos desaparecer o histórico estádio de San Siro, uma presença habitual no PES. O que gostaríamos de ter visto redesenhado era o grafismo dos menus, que parece ter ficado parados nos anos noventa: parece inspirado no antiquado grafismo dos sistemas de infoentretenimento de automóveis japoneses recentes.

Mecânica vencedora
Embora tenha o mesmo motor gráfico e a mecânica de jogo de PES 2020, PES 2021 continua a ser um regalo para quem gosta deste tipo de jogos. Continua presente a sensação de que o título da Konami privilegia um modo de jogo mais rápido e directo, o que acaba por tornar a acção mais divertida e entusiasmante; contudo, continuam a existir falhas, como a inteligência artificial dos jogadores, especialmente na defesa, que parecem perdidos em campo, em vez de tentarem uma de duas opções: segurar a sua posição em campo e os jogadores que têm de marcar; ou tentar ir atrás da bola para recuperarem a posse e avançarem para o ataque.


Editora: Konami

Distribuidora: Ecoplay

Site: konami.com/wepes

Disponível para: PS4, Xbox One, Windows

Versão testada: Windows

Preço: €29,99 (PS4, Xbox One, Windows)


Selo PCGuia Excelência