Koss ESP950

A análise aos auscultadores electroestáticos da Koss.

Os auscultadores que utilizam altifalantes electroestáticos não são muito comuns, por várias razões. Uma delas é o facto de necessitarem de um conversor que, normalmente, é volumoso demais para ser transportado de forma cómoda, ou por serem mais caros de fabricar, o que os empurra para as ofertas topo de gama dos fabricantes. Estes Koss ESP950 não são excepção e estão ligados à fonte de som através do conversor E90 incluído, que serve para manter a carga electroestática nos altifalantes. A ligação aos auscultadores é feita através de um flat cable com seis condutores.

Os auscultadores têm uma construção que deixa um pouco a desejar porque, apesar de terem muita pele e um aro em metal, os suportes são de um plástico que não devia existir nuns topo de gama. A primeira impressão quando se utilizam os ESP950 é de uma leveza impressionante. Como os altifalantes não têm imanes como os tradicionais, pesam muito menos.

O som é impressionante e a definição de todas as gamas de frequência é altíssima. Só é pena custarem mais de mil euros.

Nota: 4/5
smartaudio.pt | €1299

Categorias
Gadgets

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Assinaturas
Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link