Review – Lenovo Yoga 920

Se no passado tínhamos ficado impressionados com o Thinkpad X1 Carbon, agora é o Yoga 920 a roubar as atenções. Este é um laptop que oferece ainda mais, por um preço reduzido.

A Lenovo começa o ano de 2018 com um ultrabook (ou híbrido, se preferir) espetacular, o novo Yoga 920. Com apenas 12,95 mm de espessura, ou seja menos 0,35 mm que o anterior Yoga 910, sem perder qualquer tipo de robustez, este equipamento é feito de uma peça única em alumínio. Esta é trabalhada em CNC, razão pela qual dispõe de um excelente acabamento, que conjunga na perfeição com a original dobra Lenovo, utilizada habitualmente nos equipamentos da família Yoga. A dobra permite transformar este ultrabook em tablet e ajustar totalmente o ecrã para tirar partido da utilização pretendida e do local onde o deseja utilizar.

Para trabalhar

Embora não exista um público-alvo pré-definido para este equipamento, a Lenovo garante que o mesmo pode utilizado pelos utilizadores profissionais, garantindo toda a segurança necessária, através da implementação de diversas soluções de autenticação.
Para tal foram colocadas diversas câmaras, compatíveis com o sistema de reconhecimento facial Microsoft Hello, bem como um novo sensor de impressões digitais, que funciona de forma quase instantânea:cerca de um terço do tempo face ao tradicional método de introdução de palavra passe.

Igualmente a pensar neste tipo de utilizadores encontram-se duas portas Thunderbolt 3, que permitem a ligação de dispositivos externos como monitores ou dispositivos de armazenamento, tirando assim partido da elevada largura de banda de 40Gbps.

Outras tarefas

Além do mercado profissional, o Yoga 920 está indicado também para artistas gráficos, que queiram tirar partido do ecrã IPS 4K (3860 x 2160) de 13,9 polegadas táctil, que permite a utilização da Lenovo Active Pen 2 com 4096 níveis de sensibilidade e compatível com a tecnologia Windows Ink.

Para os adeptos dos conteúdos audiovisuais, o sistema de som tem a particularidade de dispor certificação Dolby Atmos para a saída de auscultadores, criando assim um ambiente tridimensional mais realista. Destaque ainda para o excelente desempenho, responsabilidade do processador Intel Core i7-8550U, os 16 GB de memória RAM DDR4 e os 512 GB de armazenamento do tipo SSD.

Por fim temos a questão da autonomia:embora tenha sido surpreendentemente elevada para um equipamento tão fino e equipado com um ecrã com uma resolução tão alta, ficou aquém das quase onze horas anunciadas pela Lenovo.

Ponto Final

Construção isenta de falhas, elevada robustez, excelente desempenho e um ecrã deslumbrante são argumentos mais do que suficientes para considerarmos este Yoga 920 como ‘O’ultrabook que todos nós merecemos. O preço continua a ser proibitivo, porém é mais acessível (e poderoso) que o Thinkpad X1 Carbon, o que só o torna ainda mais apelativo.

+ Qualidade de construção
+ Desempenho geral
– Autonomialonge do anunciado

Medições: 3,8
Construção: 2
Preço: 2,7
Nota final:8,5

Distribuidor: Lenovo
Site: lenovo.com/pt/pt
Preço:€1999

BENCHMARKS

PCMark8Work PCMark8Home PCMark8 Battery 3D MarkCloudgate
2878 2974 353minutos 8340

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

Processador: Intel Core i7-8550U a 1,8 GHz
Memória: 16 GB DDR4
Armazenamento: 512 GB SSD
Placa Gráfica: Intel HD Graphics 620
Ecrã: 13,9 polegadas IPS 4K (3840 x 2160)
Ligações:1xUSB 3.0,2x USB 3.1Type-C,jack3,5 mm(In & Out)
Dimensões: 323×223,5×13,95mm
Peso: 1,357kg

Categorias
MobilidadeReviews

Editor da revista PCGuia, com mais de 10 anos no mercado de publicações tecnológicas. Grande adepto de tudo o que seja tecnológico, ficção científica e quatro rodas.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link