Review – HP Omen X

A HP volta a apostar no mercado do gaming com o lançamento de mais um laptop da linha Omen. Mas será que neste mercado vale tudo para que o preço pedido seja quase de três mil euros?

A linha Omen da HP sempre se diferenciou pela forte personalização dos seus equipamentos – este Omen X não foge à regra. Recorrendo a um visual atraente, composto por diversos ângulos pronunciados, zonas com texturas originais que fazem lembrar a grelha de um Lexus IS F-Sport, um pequeno painel transparente e iluminação LED RGB em oito zonas distintas, é fácil ficar impressionado por este monstruoso portátil.

O facto de ter destas dimensões fez com que à HP não se tivesse de preocupar com o número de ligações disponibilizadas, que vão deste USB 3.1, passando pelas portas Type C compatíveis com a norma Thunderbolt 3 (de 40 Gbps), sem esquecer a óbvia saída HDMI e Mini DisplayPort.

A razão pela qual a HP foi obrigada a usar um chassis destas dimensões deve-se à exigência do sistema de arrefecimento, que funciona de forma independente, tanto para o processador como para a placa gráfica dedicada utilizada.

Para gamers

Uma vez que este equipamento foi criado para os adeptos dos videojogos, a HP não se poupou em esforços para o diferenciar das restantes soluções já existentes no mercado. Começando pelo básico, estamos perante um equipamento que conta com a presença de uma placa gráfica dedicada Nvidia GeForce GTX 1070 com 8 GB de memória dedicada e compatibilidade com a tecnologia Nvidia G-Sync.

Esta solução, até agora encontrada apenas nos computadores de secretária, permite sincronizar a taxa de frequência do monitor com a imagem processada pela placa gráfica, evitando assim o aparecimento de falhas, tanto na fluidez/movimento, como na qualidade da própria imagem.

Para isto, foi fundamental que o ecrã utilizado fosse compatível com esta funcionalidade, razão pela qual este ecrã de 17,3 polegadas, de resolução Full HD (1920 x 1080) tem uma taxa de refrescamento máxima de 120 Hz. Por fim, falta referir a presença de um teclado mecânico, que permite a criação de mapas de teclas personalizadas e iluminação LED RGB específica.

Desempenho de topo

O elevado desempenho registado, o melhor de sempre num computador portátil que testámos até este momento, deve-se à configuração de topo utilizada: um processador Intel Core i7-7820HK de 2,9 GHz, que pode atingir os 3,9 GHz através da tecnologia Intel Turbo Boost, 32 GB de memória RAM e SSD de 256 GB, associado a um disco rígido adicional de 1 TB SATA de 7200 rpm. Ficámos com a sensação de que os quase três mil euros pedidos se devem à associação desta configuração às funcionalidades específicas para os adeptos de videojogos. Estas escolhas da HP estão, muito provavelmente, a influenciar significativamente o valor final deste equipamento, acabando por o relegar para um público-alvo demasiado específico para o que este Omen X merecia.

Ponto Final

Visualmente atraente, capaz de oferecer um excelente desempenho e com alguns detalhes únicos no mercado, a ideia com que ficamos é que o preço pedido acaba por prejudicar este Omen X, que de outra forma, tinha tudo para ser obrigatório.

+ Desempenho
+ Características únicas
– Preço

Medições: 3,8
Experiência: 3
Preço: 1
Nota final: 8

Distribuidor: HP
Site: hp.com/pt/pt
Preço: €2999

Benchmarks

PCMark8Work PCMark8Home 3D MarkFirestrike 3D MarkIceStorm FarCry4 1920×1080 Very High Metro Last Light 1920×1080 DX11 Very High 16x AF
3639 4317 13205 120241 123,3 125,8

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

Processador: Intel Core i7-7820HK a 2,9 GHz
Memória: 32 GB (2 x 16) DDR4
Armazenamento: 256 GB SSD + 1 TB HDD
Placa Gráfica: Nvidia GeForce GTX 1070 8 GB
Ecrã: 17,3 polegadas IPS 120 Hz (1920 x 1080)
Ligações: 3x USB 3.1, 2x USB 3.1 Type-C (Thunderbolt3), 1x HDMI, 1x GigabitLan, 1x MiniDisplayPort, leitor cartão SD, jack 3,5 mm
Dimensões: 425 x 327,2 x 36,4 mm
Peso: 4,85 kg

Categorias
MobilidadeReviews

Editor da revista PCGuia, com mais de 10 anos no mercado de publicações tecnológicas. Grande adepto de tudo o que seja tecnológico, ficção científica e quatro rodas.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

  • Play – Razer Meka

    Admito. Pedir estes auscultadores de gaming para teste foi uma brincadeira. Primeiro, o meu tipo de jogo não é aquele em que temos de usar um headset para falar...
  • Acer Predator Triton 700

    Revelado durante o evento anual da Acer, em Nova Iorque, e na Computex de Taiwan (ambos em 2017), o Acer Predator Triton 700 chegou, finalmente, a Portugal. Mas o...
  • Tsunami Fortune TS30-E9

    A família de estações de trabalho e computadores profissionais Fortune da Tsunami é uma das mais completas, pensada de raiz para as necessidades das pequenas e médias empresas nacionais...
  • Play – Trust GTX 322W Carus

    Já testámos ratos e teclados da Trust dedicados ao gaming e agora chegou a vez de experimentar os auscultadores GTX Carus, na sua versão Snow Camo que, como o...
Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link