S21sec identifica várias ameaças à cibersegurança nas compras online de Black Friday, Cyber Monday e Natal

S21sec destaca aquelas que considera as cinco principais ciberameaças que durante esta época têm maior incidência.
Cybersecurity-New-02

A S21sec, fornecedora de serviços e tecnologia de cibersegurança, alerta para o «elevado e crescente risco de ciberameaças para os utilizadores devido ao maior volume de compras e transacções» que acontecem durante esta época de eventos, com destaque para a Black Friday, Cyber Monday e o aproximar do Natal.

Os especialistas da S21sec destacam aquelas que consideram as cinco principais ciberameaças que durante esta época têm maior incidência:

1. Ataques de phishing:
Desde há uns dias que todos os utilizadores estão a sofrer um incremento exponencial de e-mails e mensagens que recebem com ofertas de todo o tipo. Segundo os especialistas, nunca devemos abrir um arquivo anexo a um e-mail quando não conhecemos o remetente, ou clicar directamente num URL que venha num e-mail sem estarmos seguros, seja qual for o atractivo que usam ou a oferta que apresentam. Recomenda-se aceder sempre directamente aos sites oficiais e não através de terceiros.

2. Páginas Web fraudulentas
A realidade é que «os portugueses estão a realizar cada vez mais compras online durante estes dias especiais» como a Black Friday ou a Cyber Monday (as ofertas de tecnologia, roupa e brinquedos estão entre os segmentos com maior procura). Como indicado no ponto anterior, uma das ameaças mais importantes está relacionada com o aumento de páginas Web fraudulentas, pelo que o principal conselho prende-se com visitar e realizar transacções sempre e unicamente em sites de confiança.

3. Tecnologias de pagamento wireless
Os utilizadores recebem ofertas constantemente e podem a qualquer momento verificar se lhes interessa. Os cibercriminosos sabem que, em determinados momentos do dia, esses utilizadores podem estar conectados a redes públicas de Wi-Fi. Se a rede wireless for gratuita (sem uma senha), é fundamental evitar fazer qualquer tipo de compra ou transacção bancária, uma vez que podem existir computadores no modo escuta que interceptam as comunicações, e desse modo roubar os seus dados e credenciais.

4. Malware mobile
O smartphone tornou-se um elemento cada vez mais importante quando se trata de fechar as decisões de compra e desempenha um papel fundamental durante os dias deste tipo de campanhas. A tecnologia móvel tornou-se um alvo de cibercrime e, desde 2015, os especialistas têm observado o aumento desses ataques, que exigem menos elaboração do que outros métodos de invasão e que envolvem monetização rápida. Como tal, é essencial que os utilizadores saibam que a maneira mais fácil de malware entrar no sistema é precisamente através de um download. Portanto, a primeira recomendação é não instalar aplicações fora das lojas oficiais.

5. Partilha de dispositivos
Os especialistas alertam que devem ser tomadas precauções ao compartilhar dispositivos, seja smartphone, tablet, laptop ou outros, na mesma família ou mesmo entre conhecidos ou amigos. É muito importante usar senhas fortes e não permitir que menores tenham acesso a esses dispositivos sem nossa supervisão, uma vez que podem fazer o download de apps inseguras ou de conteúdo não legítimo. Além disso, são também mais susceptíveis de clicar em links inapropriados (os cibercriminosos tentarão chegar com produtos de interesse) ou, entrar em páginas Web de comércio electrónico, onde estão activas contas e efectuar transacções sem conhecimento.

Via S21sec.

Categorias
NotíciasSegurança

Terra. Europa. Portugal. Lisboa. Elite: Dangerous. Blade Runner. Star Trek. Star Wars. Kraftwerk. Project Pitchfork. Joe Hisaishi. Studio Ghibli.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link