Portugal é dos países onde os profissionais de TI estão menos preparados para receber novo GDPR

Novo estudo da Kaspersky Lab a empresas europeias revelou diferentes níveis de preparação para o Regulamento Geral de Protecção de Dados (GDPR).
KL-GDPR-New

Um novo estudo da Kaspersky Lab a empresas europeias revelou diferentes níveis de preparação para o Regulamento Geral de Protecção de Dados (GDPR). O estudo foi feito junto de mais de 2000 decisores de TI em organizações com mais de 50 colaboradores. Foi levado a cabo em 11 países europeus, incluindo o Reino Unido, França, Alemanha, Itália, Espanha, Portugal, Bélgica, Holanda, Suécia, Dinamarca e Noruega.

A menos de nove meses da implementação, os especialistas de TI em Portugal admitem não estar totalmente prontos para receber o novo regulamento. O mesmo acontece com os decisores de TI na Bélgica, país onde o regulamento foi criado, e que ocupa o último lugar em todos os aspectos do GDPR. Inversamente, o Reino Unido lidera os preparativos.

Com as empresas que processam dados pessoais na UE a debaterem-se com as normas do GDPR, a Kaspersky Lab tenta dar esclarecimentos sobre os diferentes níveis de sensibilização e preparação das regulações em toda a Europa. Apesar da sua decisão de abandonar a UE, o Reino Unido demonstra o seu compromisso com o GDPR, tal como a França, Alemanha, Itália, Espanha e Holanda, que apresentam níveis de preparação muito superiores, ao contrário de Bélgica, Portugal, Dinamarca e Noruega.

No que respeita ao conhecimento sobre o GDPR, que entrará em vigor a 25 de Maio de 2018, 32% dos profissionais de TI belgas afirmam não possuir qualquer conhecimento para além do nome e 16% admitiu não ter qualquer conhecimento do regulamento de todo.

Estes dados estão em contraste directo com o Reino Unido, onde metade (49%) dos inquiridos se sente confiante com o seu conhecimento sobre o GDPR, seguido de perto pela França (47%), Alemanha (46%) e Itália (46%).

Quatro em cada cinco inquiridos no Reino Unido (82%), França (82%), Alemanha (84%), Itália (85%) e Espanha (84%) afirmou que as preparações estão encaminhadas. Por outro lado, apenas 29% dos profissionais de TI na Dinamarca efectuou qualquer preparação, um número semelhante em Portugal (26%), Noruega (25%) e Bélgica (18%).

«A falta de conhecimento e atitude perante o GDPR demonstradas pelos profissionais de TI em toda a Europa é preocupante. Muitas empresas estão a colocar-se a si próprias e aos seus clientes em risco ao não adoptarem medidas vitais neste momento na forma como a informação pessoal é recolhida e protegida. A boa notícia é que muitas empresas estão já a praticar boas medidas de gestão de dados, portanto, apesar de parecer uma tarefa gigantesca, muito do trabalho de base já está feito para garantir total conformidade com o regulamento a 25 de Maio de 2018», comentou Alfonso Ramirez, Director-Geral da Kaspersky Lab Iberia.

Via Kaspersky Lab.

Categorias
PCGuia Pro

Terra. Europa. Portugal. Lisboa. Elite: Dangerous. Blade Runner. Star Trek. Star Wars. Kraftwerk. Project Pitchfork. Joe Hisaishi. Studio Ghibli.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link