INTERPOL e Kaspersky Lab reforçam compromisso com novo acordo

Kaspersky-Lab-New

Os especialistas da Kaspersky Lab têm cooperado regularmente com a INTERPOL para a partilha de novas informações sobre ciberameaças.

Por exemplo, a Kaspersky Lab participou numa operação, liderada pela INTERPOL, que identificou cerca de 9 mil servidores botnet de Comando e Controlo (C2) e centenas de websites comprometidos, incluindo portais governamentais, em toda a região da ASEAN.

Além disso, a cooperação com a INTERPOL tem permitido aos especialistas da Kaspersky Lab testar e melhorar as suas ferramentas de open-source gratuitas, que por sua vez proporcionam uma análise mais rápida das ciberameaças.

Fortalecendo as relações já existentes entre as duas organizações, o novo acordo formaliza a troca de dados que podem apoiar a INTERPOL neste tipo de investigações.

O objectivo é que a Kaspersky Lab partilhe informações das suas investigações de ciberameaças que possam ser úteis ao trabalho forense no âmbito digital realizado para deter os hackers nos rastos que estes vão deixando.

«A partilha de intelligence é vital no combate ao crescente cenário de ameaças, razão pela qual nos unimos à INTERPOL na luta contra o cibercrime», comentou Anton Shingarev, Vice-Presidente de Assuntos Públicos na Kaspersky Lab.

Via Kaspersky Lab.