Notícias

Vice-presidente da Samsung condenado a cinco anos de prisão

Lee-Jae-yong

Lee Jae-yong, vice-presidente da Samsung Electronics, foi hoje condenado por um tribunal de Seul a cinco anos de prisão no âmbito de um caso de corrupção.

O tribunal considerou que Lee Jae-yong, que se encontrava detido desde Fevereiro, é culpado de desvio de dinheiro, de ocultar activos no estrangeiro, de obter lucros de actos ilícitos, de perjúrio, assim como por ter entregue subornos à antiga presidente da Coreia do Sul, Park Geun Hye, com a expectativa de obter favores do governo.

Segundo a acusação, Lee Jae-yong entregou a Choi Soon-sil, uma amiga e confidente de Park Geun Hye, o equivalente a 32 milhões de euros, como forma de pagamento antecipado de favores, incluindo o apoio presidencial em negócios que permitiriam aumentar a sua participação na Samsung.

Os advogados de Lee Jae-yong já anunciaram que vão recorrer para o Supremo Tribunal de Justiça da Coreia do Sul.

Via TechSpot.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×