NEC demonstrou capacidade de transmissão de 50Tb numa extensão superior a 11 mil km com tecnologia C+L (EDFA)

Fiber-Optic-EDFA

A NEC Corporation anunciou esta semana que demonstrou uma capacidade de transmissão de 50,9 terabits por segundo numa única fibra óptica, sobre uma distância superior a 11 mil km e utilizando amplificadores de fibra erbium-doped (EDFA) de banda C+L.

Segundo a NEC Corporation, alcançando uma capacidade tão elevada requer um uso eficiente da largura de banda, a um nível próximo do limite de Shannon, o limite fundamental de eficiência espectral nas comunicações ópticas.

Para superar esta questão, os investigadores da NEC desenvolveram um algoritmo de optimização multinível, linear e não-linear.

Através deste algoritmo, a NEC obteve uma constelação optimizada de 32QAM (opt32) que atinge «uma capacidade próxima da capacidade de Shannon mas, mais importante ainda, possui um limite de capacidade não linear maior, o que é especialmente relevante para a transmissão submarina».

Além disso, este novo formato de modulação é mais fácil de implementar, uma vez que não requer descodificação iterativa ou codificação não uniforme.

Como tal, a modulação opt32 permitiu que os investigadores da NEC conseguissem uma eficiência espectral de 6,14 b/s/Hz numa distância transpacífica.

Via NEC Corporation.