Apple renova Macs e apresenta o Homepod para concorrer com a Amazon e Google

No evento de arranque da edição de 2017 da WWDC, World Wide Deevelopers Conference, a Apple aproveitou, como é tradição, para apresentar as novidades de software e hardware para...

No evento de arranque da edição de 2017 da WWDC, World Wide Deevelopers Conference, a Apple aproveitou, como é tradição, para apresentar as novidades de software e hardware para este ano.

Começando pelos iMac, a empresa de Cupertino renovou toda a gama que agora passou a utilizar os processadores de última geração Kaby Lake da Intel, os ecrãs também foram os ecrãs que agora são 43 por cento mais brilhantes, a memória RAM pode chegar aos 64 GB nos de 27 polegadas e aos 32 GB nas versões com ecrã de 21. No que respeita a armazenagem, as versões de 27 polegadas serão vendidas já com os discos híbridos Fusion Drive que na geração anterior eram opcionais.

As gráficas são Radeon Pro 555 ou 560 nas versões de 27 polegadas e Intel Plus Graphics, integradas no CPU, nas versões de 21 polegadas.

Por fim, as entradas para a ligação de hardware externo também foram actualizadas com a inclusão de duas entradas USB-C que suportam a norma Thunderbolt 3.

A Apple apresentou também o iMac Pro que foi pensado para substituir o icónico Mac Pro. Ao contrário do antecessor, por fora, este novo computador é igual ao iMac, mas por dentro está muito além. As opções de processadores começam nos Intel Xeon de 8 núcleos e podem ir até aos 18. A memória RAM começa nos 32 GB e pode chegar aos 128 GB. A armazenagem é SSD e vai de 1 a 4 TB de capacidade.

As placas gráficas serão Radeon Vega que podem ter até 16GB de memória dedicada para fazer funcionar o ecrã 5K incluído. O iMac Pro pode também usar ecrãs 5K externos.

No que respeita entradas, estes novos computadores terão quatro entradas Thunderbolt 3 e rede com fios de 10Gbps.

Os iMac Pro vão estar disponíveis até ao fim deste ano.

A estrela da apresentação foi o Homepod, a resposta da Apple ao Amazon Echo e ao Google Home. Este dispositivo é, na prática, uma caixa com o assistente pessoal Siri lá dentro e permite-lhe controlar dispositivos compatíveis com a norma Home Kit, controlar música e ouvir notícias, tudo controlado através de comandos de voz, como já acontece com o Siri no iPhone e Macintosh.

Esta coluna é controlada por um processador Apple A8, tem um woofer de quatro polegadas e mais sete altifalantes para os tons mais agudos. O Homepod detecta a forma como o som se propaga na sala onde está instalado para conseguir projectar o seu próprio som com mais eficácia. Vai estar disponível no final deste ano por 349 dólares nos Estados Unidos, Reino Unido e Austrália.

Categorias
HardwareNotícias

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link