Uma em cada dez pessoas utiliza a mesma palavra-passe para todas as contas

Um estudo elaborado pela Kaspersky Lab destaca três erros bastante frequentes que acabam por acontecer com as palavras-passe e que colocam em risco os utilizadores: 1) os utilizadores utilizam...
KL-Bad-Passwords

Um estudo elaborado pela Kaspersky Lab destaca três erros bastante frequentes que acabam por acontecer com as palavras-passe e que colocam em risco os utilizadores: 1) os utilizadores utilizam a mesma palavra-passe para múltiplas contas e, no caso de uma delas ser descoberta, todas as outras contas podem ser hackeadas; 2) os utilizadores utilizam palavras-passe fracas e fáceis de hackear; e 3) a maioria das pessoas guarda as suas palavras-passe com pouca segurança, o que faz com que a ideia de ter palavras-passe perca o seu sentido.

O estudo mostra que cerca de um terço (30%) dos utilizadores de Internet criou palavras-passe diferentes para as suas várias contas online e uma em cada dez pessoas utiliza a mesma palavra-passe para todas as contas. Mesmo que se descubra apenas uma delas, correm o risco de ver todas as suas contas hackeadas e utilizadas por outros.

Além disso, as palavras-passe que as pessoas criam não são suficientemente fortes para as proteger de serem hackeadas ou vítimas de extorsão. Apenas cerca de metade dos entrevistados (47%) combinam maiúsculas com minúsculas nas suas palavras-passe, e apenas dois terços (64%) combinam letras com números. Ainda assim, os utilizadores têm consciência de que as suas contas bancárias online (51%), de e-mail (39%) e de lojas online (37%) precisam de palavras-passe fortes.

O estudo mostra também como os utilizadores tratam com pouco cuidado as suas palavras-passe, partilhando-as com outras pessoas e utilizando métodos pouco seguros para se lembrarem delas.

Cerca de um quarto (28%) partilhou-as com algum membro próximo da sua família, e um em cada 10 (11%) fê-lo com os seus amigos, tornando mais provável que uma delas possa ser revelada, ainda que involuntariamente. Uma em cada cinco pessoas (22%) escreve as suas palavras-passe num caderno, para não ter de as memorizar. E ainda que a mesma possa ser robusta, a probabilidade de outra pessoa a ver e utilizar é uma realidade.

Via Kaspersky Lab.

Categorias
NotíciasSegurança

Terra. Europa. Portugal. Lisboa. Elite: Dangerous. Blade Runner. Star Trek. Star Wars. Kraftwerk. Project Pitchfork. Joe Hisaishi. Studio Ghibli.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link