Notícias

Kim Dotcom pode ser extraditado para os Estados Unidos

Kim-Dotcom-New

O juiz do tribunal superior da Nova Zelândia, Murray Gilbert, decidiu ontem que o fundador do site Megaupload, Kim Dotcom, é elegível para ser extraditado para os Estados Unidos com acusações de violação de direitos de autor.

Desde 2012 que a justiça norte-americana tenta a extradição de Kim Dotcom, Mathias Ortmann, Bram van der Kolk e de Finn Batato. Este grupo é acusado de 13 crimes incluindo violação de direitos de autor, crime organizado e lavagem de dinheiro.

A equipa de advogados de Kim Dotcom já fez saber que vai recorrer da decisão do tribunal neozelandês.

Via CNET, Ars Technica.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×