Quarta-feira, 18 de Setembro de 2019
Notícias

Protótipos dos novos produtos da Razer foram roubados no CES

A Razer viu os protótipos dos seus novos produtos serem roubados do stand de exposição do CES, em Las Vegas.

Este ano, a Razer conseguiu gerar algum buzz à volta dos seus protótipos, principalmente com o Project Ariana e com o Project Valerie, virado para o mercado de gaming. Em linhas gerais, o conceito do Project Ariana conta com um projector 4K, para conseguir levar os jogos mais além. Este protótipo, aliás, foi o vencedor na categoria de Melhor Produto Gaming e também na Escolha do Público, no Best of CES 2017. Já o Project Valerie é um computador portátil com três ecrãs, para triplicar a área de jogo. Este protótipo prometia três ecrãs de 17 polegadas, com um espaço de visualização de (11520 x 2160).

A presença da Razer no evento vai, no entanto, terminar com uma nota não tão positiva… O CEO da empresa, Min-Liang Tan, confirmou que dois protótipos dos novos projectos foram roubados do stand da marca, no último dia do evento. Embora não especifique quais os produtos roubados, o CEO utilizou o Facebook para anunciar que já haviam sido tomadas medidas. «Já preenchemos todos os relatórios necessários e estamos a trabalhar com os responsáveis do evento e também com as forças da autoridade para resolver este assunto.» Além disso, Tan não exclui a hipótese de espionagem industrial, algo que considera como «batota».

Esta não é a primeira vez que a Razer é alvo de situações do género: em 2011, dois protótipos Blade foram roubados do laboratório de pesquisa e de desenvolvimento da marca, em São Francisco.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×