NotíciasSoftware

Windows 10 já corre em processadores Snapdragon

windows10_snapdragon

No passado a Microsoft namoriscou a arquitectura de processadores ARM, presente na grande maioria dos smartphones modernos, com o Windows RT. A versão do Windows 8 para processadores não Intel. Mas este foi sempre o parente pobre da família Windows, relegado para segundo plano e abandonado ainda o Windows 10 não tinha chegado ao mercado.

A razão principal para o abandono foi a inexistência de aplicações para Windows RT, tirando as Universal Apps. Simplesmente, naquela altura, os programadores não quiseram transportar os seus produtos para uma nova arquitectura.

Agora, a Microsoft mostrou uma versão do Windows 10 a funcionar num dispositivo com um processador Snapdragon da Qualcomm que, por sua vez, é baseado em tecnologia da ARM. Esta versão não é apenas uma transposição do Windows para uma nova arquitectura, consegue também executar aplicações feitas para processadores X86 através de um sistema de emulação, evitando a necessidade dos programadores adaptarem os seus programas para outra plataforma.

Inicialmente, apenas as aplicações feitas para arquitecturas de 32 bit podem ser executadas.

Segundo Terry Myerson da Microsoft, a utilização de processadores Snapdragon vai permitir aos fabricantes desenharem produtos mais finos e eficazes ao nível do consumo de energia, que são capazes de executar as aplicações mais usadas em PC sem quaisquer aletrações.

Pelo vídeo abaixo, pode ver-se o Windows 10 a funcionar numa máquina com um processador Snapdragon 820 da Qualcomm equipado com 4GB de memória RAM. É mostrada a utilização do Photoshop CC, Microsoft Office e alguns jogos.

Os primeiros dispositivos Windows com processadores Qualcomm devem chegar ao mercado no início de 2017.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×