MercadosNotícias

Rússia vai bloquear o acesso ao LinkedIn

linkedin-new-01

O New York Times avança que o juiz de um tribunal de Moscovo deliberou esta semana que a rede social profissional LinkedIn viola a lei da protecção de dados em vigor na Rússia e que exige que os dados pessoais dos cidadãos russos, recolhidos pelas empresas, sejam armazenados em servidores dentro do país. Como tal, as autoridades russas vão bloquear o acesso dos utilizadores ao LinkedIn já nos próximos dias.

Segundo a mesma notícia, outras empresas, incluindo o Facebook e o Twitter, também armazenam os dados dos utilizadores em servidores localizados fora da Rússia.

No passado mês de Junho a Microsoft anunciou que chegou a um acordo para a compra da LinkedIn por 26,2 mil milhões de dólares (cerca de 24 mil milhões de euros).

Via Engadget, New York Times.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×