Google rejeita acusações da Comissão Europeia sobre o serviço AdSense

google-front-01

A Comissão Europeia tenta apurar se a Google abusou da posição dominante no que diz respeito ao serviço de publicidade AdSense e às ferramentas online de comparação de preços, avança o site TechCrunch.

Esta semana, a empresa de Mountain View refutou as acusações da Comissão Europeia e fez saber que a sua percepção sobre as compras online não corresponde à realidade.

Quando contactado pelo site TechCrunch, um porta-voz da Google disse que as acusações da Comissão Europeia «são incorrectas tanto do ponto de vista factual, legal como económico».

Em Novembro de 2010, a Comissão Europeia começou a investigar o alegado favorecimento aos serviços da empresa nos resultados exibidos pelo motor de busca Google.

Caso a Comissão Europeia considere que houve violação das leis da concorrência, a Google poderá vir a ser obrigada ao pagamento de uma multa que poderá ascender aos 7,5 mil milhões de dólares (cerca de 6,7 mil milhões de euros).

Via Engadget, TechCrunch.