SAP investe 2 mil milhões de euros na Internet of Things

sap-new

A SAP SE anunciou planos de investimento de 2 mil milhões de euros durante os próximos cinco anos para ajudar as empresas e as entidades governamentais a beneficiarem da proliferação da Internet of Things.

A SAP IoT pretende dar sentido ao Big Data através de soluções de IoT, que aplicam a aprendizagem de máquina e integram o núcleo das aplicações de negócio SAP S/4HANA. A SAP IoT procura permitir negócios e sociedades ligadas, em áreas urbanas e rurais, abrangendo agronegócios, infraestruturas e indústrias de energia, saúde, defesa, produção industrial, grande consumo e transportes.

A SAP apresentou pacotes de soluções para a Indústria 4.0, com foco nas soluções IoT. O pacote jump-start foi desenhado para iniciar a conectividade operacional e do sistema de negócio, como base para monitorizar a eficiência do equipamento e fornecer conhecimento sobre as operações produtivas.

O pacote accelerator tem também esta funcionalidade à qual se juntam a capacidade de execução e produção automatizada, controlo do ambiente pelo suporte do planeamento e da execução da produção, gestão analítica de desempenho e manutenção de fábricas. Ambos os pacotes, já disponíveis, são complementados pela aplicação SAP Distributed Manufacturing para serviços adicionais de fabrico via impressão 3D.

A SAP adquiriu o PLAT.ONE, uma empresa que fornece especialização e tecnologia para acelerar a disponibilização de capacidades-chave de IoT na SAP HANA Cloud Platform. Também recentemente a SAP adquiriu a Fedem Technology, uma empresa norueguesa especializada em análises de engenharia avançada e desenvolvimento de software para simulação dinâmica de múltiplos corpos e cálculo do tempo de vida de estruturas e sistemas mecânicos, que estão sob influência de cargas complexas.

Com esta aquisição, a SAP planeia construir uma solução completa de IoT, na qual um avatar digital representa continuamente o estado dos activos operacionais através de informação oriunda de sensores. Adicionalmente, a solução está preparada para considerar forças complexas no processo e detectar consequências instantâneas de eventos isolados e o impacto a longo prazo na ‘saúde’ das cargas cíclicas.

A SAP planeia estabelecer localizações em todo o mundo para colaborar na Indústria 4.0 e na Internet of Things, com clientes, parceiros e startups. Os laboratórios da SAP IoT pretendem ser ‘instituições-farol’ e pontos de acesso primário para investigação em IoT, desenvolvimento, modelação e incubação de provas-de-conceito com showcases de IoT, experiência e infraestrutura para estratégia e, ainda, co-inovação de produtos.

Via SAP.