EducaçãoNotícias

Vice-campeões mundiais da RoboCup são portugueses

Três alunos da Escola Secundária de Barcelinhos sagraram-se vice-campeões mundiais de Robótica, na competição RoboCup 2016, em Leipzig, na Alemanha.

Os estudantes portugueses competiram contra mais 3500 participantes de escolas e universidades de 45 países diferentes. Carlos Campos, Luís Longras e Roberto Figueiredo participaram na liga de Busca e Salvamento CoSpace, disputando a final com uma equipa de Singapura, o país fundador da CoSpace Rescue.

Antes disso, já tinham derrotado as equipas da Eslovénia e do Brasil, na fase de grupos. Nos quartos de final, disputaram a vitória com a equipa do Irão e, na meia final, conquistaram o lugar ao derrotar a equipa da Eslováquia.

Nestas provas, os três alunos tiveram de programar o seu robô para desempenhar missões em cenários reais e virtuais, que mudavam todos os dias e só eram conhecidos duas horas antes da prova. Utilizando o software da plataforma CoSpace, a equipa de Barcelinhos programou o seu robô para conseguir encontrar e resgatar ‘vítimas’ de várias cores, num ambiente onde existiam obstáculos, armadilhas e outros desafios.

Este tipo de projectos é visto pela comunidade científica como uma forma de estimular e envolver os jovens nas áreas CTEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática), o pensamento computacional e programação.

Portugal participou no RoboCup 2016 com uma delegação composta por nove equipas do escalão júnior e quatro equipas de universidades. A equipa de Barcelinhos foi a única que conseguiu chegar às fases finais e trazer para Portugal um troféu. Os alunos foram acompanhados pelo professor Rui Baptista, responsável pelo Clube de Robótica.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×