MercadosNotícias

MEO junta-se aos operadores na partilha de direitos desportivos

Depois de a Vodafone, Cabovisão e NOS terem chegado a acordo em relação à partilha de direitos desportivos, a MEO junta-se também a este acordo.

Assim, os clientes dos diferentes operadores passam a ter acesso a um leque de conteúdos desportivos, onde estão os direitos de transmissão de jogos e canais de clubes, já adquiridos ou que ainda venham a ser adquiridos por cada um dos operadores.

Estão incluídos neste lote o acesso ao canal do Benfica e aos jogos do Benfica na Luz, a partir desta época desportiva, a transmissão dos jogos do Boavista no Estádio do Bessa, também a partir desta época. Em relação ao FC Porto, a transmissão televisiva dos jogos em casa está assegurada a partir de 1 de Julho de 2018, assim como a disponibilização do Porto Canal a todos os operadores. No caso dos conteúdos do Sporting, o canal do clube estará disponível a partir de 1 de Julho de 2017 e a transmissão dos jogos em casa do Sporting, no ano seguinte, a 1 de Julho de 2018.

Mário Vaz, CEO da Vodafone Portugal afirma que «a Vodafone sempre defendeu a existência de um mercado de conteúdos desportivos não discriminatório, onde a concorrência se faz pelo serviço e não pela exclusividade da oferta. É pois com satisfação que vejo concretizados esses princípios neste acordo, hoje celebrado entre todos os operadores nacionais.»

Com este acordo, todos os clientes de televisão paga em Portugal podem ter acesso a todos os conteúdos desportivos relevantes, independentemente do operador de telecomunicações que utilizem.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×