CiênciaNotícias

Equipa de astronautas passa seis noites no subsolo para a simulação de uma missão de exploração noutro planeta

ESA-CAVES-01

Na passada quinta-feira, 7 de Julho, uma equipa de seis astronautas da China, Japão, EUA, Espanha e Rússia regressou à superfície da Sardenha, Itália, depois de passar seis noites no subsolo para a simulação de uma missão de exploração noutro planeta.

O ambiente nas cavernas da Sardenha parece extraterrestre mas os autores do programa recriam uma verdadeira missão espacial com o máximo de fidelidade possível. Desde caminhadas nas cavernas subterrâneas, a Conferências de Planeamento Diárias, como aquelas realizadas na Estação Espacial Internacional, assim como comida e fornecimento de equipamento e realização de experiências científicas.

O curso de formação subterrânea ‘Aventura Cooperativa de Valorização e Exercício’ (CAVES) da Agência Espacial Europeia (ESA) concentra-se em execução de ordens, trabalho de equipa e tomada de decisões de maneira a que os astronautas possam melhorar as suas capacidades, assim como áreas de enriquecimento pessoal.

A equipa explorou mais além do que qualquer outro curso CAVES, mapeando o seu progresso e recolhendo amostras do ambiente e seres vivos que encontravam.

Testaram novas técnicas para fazer modelos exactos em 3D de objectos e do ambiente usando câmaras fotográficas.

Via Agência Espacial Europeia.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×