MercadosNotícias

NOS lança serviço de televisão inteligente UMA

cof

A NOS, o maior operador de televisão em Portugal, com mais de 1,5 milhões de clientes no serviço de TV, apresentou um novo serviço de televisão inteligente, designado por UMA, que se apresenta como sendo a primeira televisão pessoal do mercado. Recorrendo à elevada largura de banda das redes de última geração do operador, que já está disponível para mais de 3,6 milhões de casas em território nacional, este serviço pretende integrar uma melhor oferta de serviços, uma nova interface, um novo leque de funcionalidades de onde se destacam os novos comandos por voz e a interactividade com a aplicação móvel NOS TV.

Apresentado por Miguel Almeida, Presidente Executivo da NOS e André Almeida, Administrador da NOS, coube a Pedro Bandeira, Director de Desenvolvimento de Produto a tarefa de demonstrar, em tempo real, a nova interface e os novos serviços, utilizando para tal o novo comando UMA, que além de utilizar um microfone incorporado para recepção dos comandos por voz, passou a usar um emparelhamento por radio frequência, melhorando a resposta e interacção com a box, sem precisar que a mesma esteja na sua linha de visão, como acontece com os tradicionais comandos por infravermelhos.

Através do comando, Pedro Bandeira demonstrou como é fácil a interacção com a interface UMA, actuando esta como se fosse um assistente pessoal, recebendo instruções em Português para acções como pesquisar conteúdos (como nomes de séries, filmes, actores, etc), mudar de canal, lançar aplicações ou alterar o seu perfil. Esta função é bastante prática, ao evitar que o utilizador precise de memorizar os números dos seus canais preferidos, bastando ditar o nome dos mesmos, ou o programa dos mesmos que deseja ver.

Para tirar partido das novas funcionalidades, a interface do novo serviço é totalmente nova, permitindo uma interacção mais rápida e intuitiva que a existente com o actual serviço IRIS. Esta destaca-se pela maior experiência de navegação nos conteúdos disponíveis, tendo sido dado principal enfoque nos filmes e séries, sendo reforçado o detalhe dos conteúdos existentes, como o elenco e respectiva biografia.

Outra vantagem deste novo serviço UMA é que o mesmo poderá estar sempre acessível, através da aplicação móvel para PC, tablets e smartphones, tendo esta sido desenhada de raiz para proporcionar ao serviço UMA uma experiência multidevice, permitindo aceder aos conteúdos de forma comum e harmoniosa, como se estivesse no conforto da sua sala, em frente à televisão. Para tirar partido das novas funcionalidades do serviço, a NOS utilizará uma nova box, compatível com resolução UltraHD 4K e gravação de conteúdos via cloud, dispensando assim o uso de um disco rígido local, tornando a box mais compacta, silenciosa e económica, em termos de consumo energético.

Equipamentos NOS UMA

Este serviço está disponível em três pacotes distintos, o NOS 3, que por 49,99 euros incluí serviço de televisão UMA com 163 canais, €7,5 de serviços adicionais e 500h de gravação, 200Mbps de velocidade de internet e telefone nacional ilimitado. Por 59,99 euros terá acesso ao NOS 4, que à oferta do NOS 3 junta um cartão de telemóvel com chamadas e SMS grátis, roaming na União Europeia e 3GB de internet, sendo o tráfego usado pela app NOS TV gratuito (até um total de 25h mensal). O pacote mais completo, o NOS 5, adiciona um cartão de internet móvel de 7GB de tráfego, bem como reforça a oferta no serviço de televisão UMA, que recebe €15 para serviços adicionais e aumenta a capacidade de gravação para 750h.

PCGuia

2 comentários

  • Serviços bi-direccionais e agora com microfone… Quanto é que nos pagarão pela perda de privacidade?

  • E tudo muito bonito, mas aquilo que eu gosto mais não esta acessível, que e a possibilidade de gravar os programas que nos gostamos para o PC desktop, para podermos ver no futuro durante toda a nossa vida. Ja que as gravações na cloud só duram 3 meses ou 6 meses e depois eles apagam tudo. não faz sentido termos 500 horas de gravação e não podermos copia-las para o PC. Essa nova tecnologia que eles põem na UMA e para nos não podermos copiar conteúdos para o PC. Ou seja; as gravações são todas temporárias, eles apagarão tudo ao fim de 3 ou 6 meses. Eu tinha na box da NOS uma programação da RTP ! VERSO TOTAL com cerca de 30 horas, que eu adorava e foi-se tudo, apagaram. Deveríamos ter direito aquilo que gravamos, para que servem as gravações temporárias?! Afinal não pagamos todos os meses o nosso serviço?

Os comentários estão encerrados.

Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×