NotíciasSegurança

Separatistas na Ucrânia na mira da ciberespionagem

Security-New-03

A equipa de investigação da ESET descobriu uma nova ameaça informática que tem como alvo principal os separatistas anti-governamentais que estão localizados nas auto-proclamadas Repúblicas Populares de Donetsk e Lugansk.

Esta ameaça, detectada pela equipa da ESET como Win32/Prikormka, é utilizada para actividades de espionagem na Internet e espalha-se através de ataques spear phishing.

Estes ataques baseiam-se em e-mails maliciosos que contêm informações localizadas, de modo a conseguirem infectar as vítimas ou obterem informações confidenciais. Neste caso em particular, os e-mails abordam a situação geopolítica actual da Ucrânia e a guerra em Donbass.

Apesar da dificuldade em se descobrir a proveniência destes ataques, a ESET conseguiu demonstrar que os atacantes operam provavelmente dentro da Ucrânia, o que pode ser revelador de motivações políticas.

Via ESET.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×