Prémio Científico IBM distingue investigador da Universidade Nova de Lisboa

Matthias-Knorr-IBM-01

O Prémio Científico IBM referente ao ano de 2015 distinguiu um trabalho de investigação da Faculdade de Ciências e Tecnologia, da Universidade Nova de Lisboa (UNL). O vencedor desta 26ª edição é o investigador Matthias Knorr, de 35 anos, de nacionalidade alemã, doutorado em Engenharia Informática pela mesma universidade.

‘Raciocínio Eficiente combinando Regras Não-Monótonas e Ontologias para a Web Semântica’ é o título do trabalho vencedor desta edição. A investigação de Matthias Knorr visa dar mais um passo na área da inteligência artificial, mais especificamente na Representação de Conhecimento e Raciocínio (RCR), e da Web Semântica, através da utilização inteligente de informação estruturada e distribuída pela Web, capacitando os sistemas com um vasto conhecimento sobre o mundo.

«É uma honra para mim receber o Prémio IBM e poder desta forma contribuir para a disseminação do trabalho de investigação que desenvolvemos, aumentando o seu impacto», sublinhou Matthias Knorr, o premiado deste ano.

O júri do Prémio Científico IBM 2015, reunido no dia 21 de Maio, decidiu ainda atribuir uma Menção Honrosa ao trabalho ‘Modelos Computacionais para Simular Cenários Clínicos: Parto Vaginal’, de Dulce Alves de Oliveira, estudante de doutoramento em Engenharia Biomédica, pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, que trata do desenvolvimento de modelos biomecânicos para análise de possíveis cenários clínicos relacionados com o parto, para apoio de tomada de decisão por médicos.

Via IBM.